O assassinato foi registrado por câmeras de segurança.

Um homem foi preso por policiais civis nessa terça-feira (16) em uma cidade do interior de Goiás, suspeito da morte do presidente do Conselho Comunitário de Segurança de Rondonópolis, Valdir Farinha, de 60 anos, ocorrida no mês de fevereiro deste ano.

O mandado de prisão temporária do suspeito, expedido pela Segunda Vara Criminal de Rondonópolis, foi cumprido pela equipe da Delegacia de Roubos e Furtos do município na cidade de Pirenópolis. A ação contou com apoio da Polícia Civil de Goiás.

Durante as investigações, a equipe da Derf de Rondonópolis apurou que o suspeito, logo após cometer o crime, foragiu da cidade. Em diligências, os policiais conseguiram localizar o estado e cidade onde o suspeito estava se escondendo.

De acordo com o delegado responsável pela investigação, Vinícius Franciscon Prezotto, com o cumprimento da prisão temporária, o inquérito deve ser concluído em trinta dias. Outras diligências serão realizadas para tentar apreender a arma utilizada no crime e identificar possíveis comparsas.

Após a prisão, o suspeito foi encaminhado à delegacia da Polícia Civil de Pirenópolis em Goiás, onde foi feita a comunicação ao Poder Judiciário e solicitado o recambiamento para Rondonópolis.

Crime

Valdir Pereira Farinha, 60 anos, foi morto na porta de sua residência, no bairro Monte Líbano, no dia 13 de fevereiro. Ele estava com a esposa e amigos na porta da casa, quando um homem chegou a pé, sacou uma arma e anunciou o roubo de um veículo que estava parado no local.

Presidente do Conseg é morto a tiros em Rondonópolis (MT)

A vítima que possuía uma arma na cintura reagiu e foi baleada, assim como um amigo que estava com ele.

O Samu foi acionado para o socorro, porém constatou a morte da vítima no local.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *