Sinop montou um Hospital de Campanha para oferecer serviços de retaguarda à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e ao Hospital Regional do município.

O espaço está sendo preparado para receber pacientes de Covid-19 que, mediante a avaliação médica, necessitem de internações em leitos de enfermaria.

Conforme o secretário Municipal de Saúde, Kristian Barros, o prédio escolhido está localizado no bairro Jardim Primaveras e conta com 30 leitos.

A unidade de campanha foi montada com recursos vindos do Governo Federal para dar suporte ao enfrentamento de Covid-19 no município.

“O local foi cedido pela Secretaria Municipal de Educação, já que por conta da pandemia não pode ser utilizado para eventos. O prédio foi todo reformado, tem toda a estrutura de climatização, as camas são novas e eletrônicas”, detalha.

A Secretaria Municipal de Saúde, juntamente com a prefeita Rosana Martinelli, montou o Hospital de Campanha para que os pacientes não fiquem na UPA esperando transferência para o Hospital Regional.

Reforçando que a população NÃO DEVE se dirigir ao Hospital de Campanha por conta própria.

Os primeiros atendimentos continuam sendo nos pontos de referência para acolhimento de pessoas com sintomas gripais/suspeitas de Covid-19, que são as Unidades Básicas de Saúde Ibirapuera, Palmeiras, Sebastião de Matos, Menino Jesus e a tenda localizada na UPA André Maggi.

Sinop recebeu R$ 696 mil que foram utilizados na compra de 40 camas eletrônicas (14 estão na UPA), 15 poltronas de soroterapia, 10 torpedos de oxigênio (10 m³), quatro torpedos de oxigênio (2 m³), 14 fluxometros, medicações, materiais de EPI, teste rápido para coronavírus e mais móveis planejados para o Hospital de Campanha.

Fonte | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta