Precisando organizar seus negócios? Uma gestão eficiente das vendas e do estoque é essencial para o sucesso da sua empresa!

A gestão de estoque de uma empresa é um processo fundamental para os negócios. A informação exata sobre as quantidades de produtos, matéria-prima e quaisquer outros itens importantes que existem em estoque é essencial para manter os lucros e a boa rentabilidade da organização.

Quando a empresa não se atenta e não dá a devida importância a esse trabalho e não se organiza, isso pode fazer com que os negócios deixem de ser sustentáveis, podendo chegar à falência da empresa. E isso é a última coisa que queremos para nossos negócios, certo?

Para evitar que o estoque saia do controle e, como consequência, a empresa entre em apuros, trouxemos aqui cinco estratégias fundamentais para que o processo seja bem feito e seus negócios continuem fazendo sucesso.

Como funciona o controle de vendas?

Muitas vezes, nossa ideia começa a dar certo e crescer mais rápido do que pensávamos, o que é excelente para os lucros! Mas você sabe como controlar as vendas do seu negócio de maneira correta? Um controle bem feito dá o norte sobre o andamento das transações da empresa e mostram quais melhorias são necessárias.

Essa gestão vai além da venda em si. Tudo começa no contato com o fornecedor, para compra de produtos e itens, passando pelo controle de caixa e de estoque para entender quais mercadorias entram e saem, e também está relacionado com a emissão de nota fiscal.

Por fim, não podemos esquecer do cliente. Até porque, sem ele, não há vendas, correto? Fazer cadastros e entender o perfil dos compradores ajuda num atendimento mais diferenciado e personalizado, o que alavanca ainda mais as vendas.

E o controle de estoque: como gerenciar?

Como visto, a gestão de estoque faz parte de uma boa gestão de vendas para a empresa. É importante saber com exatidão as quantidades de mercadorias vendidas, assim como a quantidade de matéria-prima disponível e quanto a mais de materiais precisa ser comprado para gerar novos produtos.

Quando esse controle não é feito, as chances de se ter os chamados furos de estoque é enorme, e o gestor não consegue fazer com que as quantidades batam exatamente com tudo o que está descrito nos sistemas da empresa. A confusão pode sair cara!

Com a organização, fica mais claro para os negócios o que não está sendo vendido e o que precisa repor, antes mesmo do cliente dar falta e isso fazer com que a empresa perca uma venda! E, para tal, algumas estratégias auxiliam a empresa a ser mais eficiente com seu estoque. Vamos conhecer algumas?

1.  Contrate bons profissionais estoquistas

A maneira mais segura de manter um estoque em ordem é contar com especialistas no assunto. Um profissional da área poderá organizar a casa e atentar-se a qualquer tipo de informação, como datas de vencimento de produtos, reposição, retiradas, etc. Qualquer mudança relacionada ao estoque será registrada e devidamente acompanhada.

Caso você não tenha algum nome de confiança, peça indicação de amigos e parceiros de negócios. Um bom estoquista precisa ter, além de muita experiência, capacidade de organização e firmeza para cuidar dos negócios como se fossem dele mesmo. O ideal é que você possa ficar livre dessa tarefa e, então, focar em outros assuntos da empresa.

2.  Tenha um sistema informatizado para registrar tudo

Além de um bom profissional, é importante abraçar a tecnologia e contar com a ajuda de sistemas de automatização do processo. Registrar tudo em cadernos ou planilhas pode ser perigoso e abre brechas para falhas humanas, o que é muito comum de acontecer.

Hoje em dia, existem vários softwares feitos exclusivamente para organizar todos os detalhes de um estoque, o que minimiza erros e confusões. Esses sistemas contam com técnicas automatizadas, como a PEPS (Primeira que Entra, Primeiro que Sai), que controla tudo através de ordem cronológica de chegada e saída de produtos.

Ao realizar diversos procedimentos ao mesmo tempo, a automação otimiza também o tempo para organização do estoque, atribuindo aos colaboradores outras atividades que motivem-os mais, como atuar na produção ou no atendimento ao consumidor, por exemplo.

3.  Crie um sistema de padronização

Uma forma de verificar e gerir o estoque é contabilizar periodicamente e padronizar os materiais disponíveis, separando item por item e organizando-os em “caixinhas”. Quando tudo está devidamente organizado, cria-se uma “linha de produção”, otimizando e acelerando os processos.

Mas não pense na padronização como algo que engessaria os processos. A flexibilidade é super importante, mas a organização dos processos equilibra a gestão, deixando-a mais eficiente.

4.  Se for necessário, faça uma queima de estoque

Às vezes, alguns produtos podem estar chegando próximos do vencimento, ou mesmo a empresa está necessitando equilibrar as finanças. Neste caso, uma solução viável é fazer uma queima de estoque, vendendo itens a um preço um pouco abaixo do valor, incentivando a compra.

Essa prática é bastante comum no comércio, em especial quando há produtos que não estão saindo tanto quanto pensado. Não é nada bom para os negócios manter produtos “encalhados” por muito tempo, por isso, é melhor que você faça liquidações para dar espaço a outros produtos que são mais lucrativos e que precisam ser adquiridos com mais frequência.

5.  Compre materiais na medida certa

Nem muito pouco, nem em excesso. A medida que você vai conhecendo seu negócio e o fluxo de vendas, entende quais as quantidades de produtos são necessárias para estocar. Claro que é preciso considerar sazonalidades, aqueles períodos que as saídas acontecem num volume maior que o habitual, e que é necessário ter mais disponibilidade de produtos.

Caso sua empresa não tenha um espaço físico grande o suficiente para esses períodos especiais, não precisa ter medo de perder as boas oportunidades. Conte com um self storage para guardar produtos e fazer do espaço uma extensão dos seus negócios de maneira segura e com ótimo custo-benefício.

Gostou? A partir dessas dicas, você terá ótimas ferramentas para controlar seu estoque e deixá-lo mais eficiente. Com isso, sua empresa terá bons resultados em vendas e você terá muito sucesso!

Fonte | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *