Pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira (30) mostra que boa parte dos brasileiros apoia a greve dos caminhoneiros, que chega ao 10º dia.

87% dos entrevistados disseram que apoiam o movimento, que bloqueou estradas e provocou uma crise de abastecimento no País. Apenas 10% são contrários aos caminhoneiros, 2% se disseram indiferentes e 1% não souberam opinar.

O número de apoio, no entanto, diminui consideravelmente quando a pergunta é se a greve deve ou não continuar. Mas ainda é a maioria (56%) que apoia a continuidade do movimento que estendeu sua pauta nos últimos dias e abarcou diversos sentimentos difusos de insatisfação da sociedade. Cerca de quatro a cada 10 entrevistados (42%) pedem o fim da paralisação.

Caso a greve não acabe, 88% defendem a continuidade das negociações e 9% sugerem o uso das Forças Armadas e da polícia.

O Datafolha mostrou também que 92% dos entrevistados consideram os pedidos dos caminhoneiros justos, especialmente na questão dos altos impostos. Até os que discordam da greve apoiam a pauta do grupo majoritariamente: 57%.

Negociação de Temer

77% dos entrevistados desaprovam a condução das negociações pelo presidente Michel Temer e apenas 6% aprovam a postua do presidente. 16% disseram que o emedebista foi regular e 2% não avaliaram.

Para quase a totalidade dos entrevistados (96%), Temer demorou para negociar com os caminhoneiros.

Apenas três de dez entrevistados (31%) concordam com a tese do Planalto de que houve um locaute ilegal e as transportadoras são responsáveis pelo movimento. Já 42% apontam para os motoristas autônomos como autores da greve, 7% veem uma autoria compartilhada e 5% apostam que o próprio presidente Temer e outros políticos são responsáveis pela greve.

Comida e feriado

A greve dos caminhoneiros parece ter afetado metade dos brasileiros. Segundo o estudo, 51% tiveram a rotina alterada, enquanto 49% mantiveram seus afazeres.

53% tiveram dificuldade para abastecer o automóvel e 37% relatam terem tido muita dificuldade.

15% dos entrevistados deixaram de ir ao trabalho, enquanto 73% conseguiram manter o labor. 69% dos alunos foram à escola enquanto 19% tiveram de ficar em casa. 73% mantiveram atividades de lazer.

Mais de um quarto dos entrevistados (26%) cancelaram planos para o feriado de Corpus Christi, nesta quinta (31). 28% disseram que não iriam viajar na data e 67% mantiveram seus planejamentos anteriores.

Foram entrevistadas pelo Datafolha 1500 pessoas de todas as regiões por telefone nesta terça (29). A margem de erro é de 3% para mais ou para menos.

Fonte | Jovem Pan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *