“Essa bolsinha salvou minha vida”, disse a cantora após procedimento

No último domingo, dia 1º, a cantora Preta Gil publicou um desabafo nas redes sociais sobre seu tratamento para vencer o câncer colorretal e sobre o uso da bolsa de ileostomia, que nesse momento auxilia no funcionamento do seu sistema gastrointestinal.

“Sim, eu uso bolsa de ileostomia e não tenho vergonha de mostrar, pois essa bolsinha salvou minha vida e me deu a possibilidade de me restabelecer de uma cirurgia que retirou o tumor que eu tinha! Sei que não é fácil, mas acreditem, sou grata”, disse ela.

A bolsa de ileostomia é um dispositivo médico que desempenha um papel vital na vida de muitas pessoas que passaram por cirurgias intestinais, como a de Preta Gil. “Essa intervenção cirúrgica envolve a criação de uma abertura artificial na parede abdominal (chamada ‘estoma’), que exterioriza uma parte da alça intestinal, permitindo que as fezes sejam eliminadas diretamente para uma bolsa externa. No caso da Preta, essa intervenção foi feita no intestino delgado”, explica Antônio Rangel, enfermeiro especialista da Vuelo Pharma, empresa dedicada ao desenvolvimento de produtos que promovem mais qualidade de vida a usuários de bolsas como essa.

Conhecidas também como bolsas coletoras, elas são projetadas com foco no conforto, discrição e eficácia. “São fixadas na pele do abdômen, ao redor da ostomia, e permitem que  a pessoa mantenha sua rotina normal de trabalho, estudos e viagens, por exemplo”, comenta o enfermeiro da Vuelo.  

Após passar por uma cirurgia em agosto para remover um tumor do intestino, Preta conta com a bolsa para auxiliar na eliminação de fezes. “Essas bolsas são fabricadas com materiais à prova d’água e apresentam um sistema de vedação que evita a disseminação de odores desagradáveis. Mas, ainda assim, é comum vermos ostomizados inseguros para socializar e expor essa situação. Ao levantar essa bandeira, Preta ajuda milhares de pessoas na mesma situação”, diz Rangel. 

Bem-estar na ileostomia

Rangel explica que hoje existem muitos dispositivos e produtos disponíveis para garantir a qualidade de vida dos usuários de bolsas de ostomia. Entre os produtos desenvolvidos pela Vuelo Pharma, por exemplo, está o Gelificador, cápsulas para serem colocadas dentro da bolsa, contendo grânulos de polímero acrílico e com alta capacidade de absorção de líquidos. “Essa composição permite a gelificação dos líquidos presentes na bolsa, deixando-os numa consistência gelatinosa e garantindo que não ocorram vazamentos”, explica ele.

Além disso, as cápsulas do Gelificador contêm óleo essencial de lavanda, que aromatiza o conteúdo armazenado pela bolsa, oferecendo mais bem-estar e segurança aos pacientes.

“Para muitas pessoas que passaram por cirurgias intestinais devido a condições médicas como câncer de cólon, doença de Crohn ou colite ulcerativa, a bolsa de ileostomia é um dispositivo que possibilita uma vida funcional e com mais qualidade. Embora possa representar um desafio significativo no início, com o tempo, a bolsinha passa a ser apenas mais um detalhe no dia a dia e, na grande maioria dos casos, os pacientes se adaptam e retomam suas atividades cotidianas normais”, conclui o enfermeiro da Vuelo.

Via | Assessoria Foto | Pricila Massuchetto

(Visited 1 times, 1 visits today)