Advogado diz em depoimento que madrasta que matou enteada envenenada tentou impedir necropsia

Jaira Gonçalves de Arruda, de 42 anos, está presa suspeita de planejar a morte de Mirella Poliane Chue de Oliveira, de 11 anos. Menina morreu em junho deste ano. Um advogado que prestou serviços para Jaira Gonçalves de Arruda, de 42 anos, suspeita de matar a enteada dela, por envenenamento, […]