A Vila Olinda e região seguem sendo beneficiadas com muitas obras e fortes investimentos da Prefeitura. Desta feita, a administração municipal investiu R$ 1.054.820,99 em recursos próprios do município, na reforma completa da EMEF Firmício Alves Barreto, localizada na rua Paturi N°141, que volta as atividades na próxima semana.

Conforme informações da fiscal de contrato e Gerente de Núcleo de infraestrutura Básica I da Semed, eng. civil Carla Cristina Silva Santos, o prazo de execução dos trabalhos, sofreu algumas alterações, foram necessárias dilações de prazos e aditivos, mas a obra finalmente foi concluída e deverá ser entregue a comunidade já na próxima semana.

Todavia, para que a unidade escolar fosse totalmente reformada, diversos serviços foram realizados, como: criação de uma infraestrutura para acomodar a caixa d’água bem como a troca da mesma, além da remoção e recomposição de toda a cobertura; da unidade; readequação da parte elétrica e hidráulica; substituição de portas e janelas e esquadrias; as louças dos sanitários; substituição do forro, bem como o piso que também foi substituído por granilite, além de uma pintura geral nas partes interna e externas.

E os benefícios não param por aí; a quadra esportiva recebeu novas demarcações e pintura do seu piso para proporcionar melhores condições de uso, durante as práticas esportivas. Além disso, foi feito um serviço de drenagem para melhorar a insuficiência de vazão de águas pluviais, e ainda construídas calçadas externas com acessibilidade, e um sistema de prevenção de incêndio, entre outros.

Na verdade, desde o início dessa gestão, paulatinamente toda a estrutura física da rede municipal de educação infantil do município, vem sendo recuperada, reformada; algumas unidades estão sendo ampliadas e, construídas outras novas, para que a cidade possa oferecer educação de qualidade e cidadania aos seus munícipes desde a mais tenra idade, no que está sendo chamado de projeto de universalização da educação infantil.

A comunidade da região estará recebendo uma unidade toda reformada, readequada e apta a oferecer ensino de qualidade, com melhores condições e conforto. Todavia, a demora na conclusão da obra se deu diante da necessidade de se elaborar dois termos de aditivos contemplando a instalação de gramas, paisagismo e arborização no local para deixar o ambiente mais harmonioso e ainda auxiliar na captação de águas das chuvas; foi instalado um sistema de drenagem com tampa de concreto para maior durabilidade e resistência; bem como foram instalados refletores no gramado (pátio) para auxiliar na iluminação e estética do local.

Também foi construído um abrigo de gás para regularizar e garantir maior segurança no armazenamento dos botijões.  Foi feita toda extensão de calçada para que houvesse mais acessibilidade no pavilhão superior, na extensão da rampa e no perímetro do banheiro. Além desta extensão foi executado um corrimão de segurança entre calçada e quadra, além de fornecer acessibilidade a quadra poliesportiva.

Sobre a estrutura de prevenção de incêndio foi feita a demolição e remoção dos antigos reservatórios para atender toda a demanda da unidade escolar, visto que a antiga já não se fazia suficiente e também para atender as exigências do Corpo de Bombeiros.

Segundo a engenheira Carla, na unidade havia uma caixa d’água subterrânea e o maior problema em relação a ela era a dificuldade na manutenção e higienização. Então foi feita a demolição deste também e foi criado um abrigo para que facilitasse a troca e manutenção quando necessário, além de privar qualquer acesso não autorizado garantindo toda a segurança dos usuários da unidade.

Para auxiliar na higienização e limpeza, foi adicionado ao ambiente da cozinha revestimento cerâmico tanto nas paredes quanto no piso, além de instalar exautores para renovação de ar interno para o externo, eliminando umidade, fumaça e odores, principalmente derivados de alimentos

Ainda conforme a engenheira da Semed, na próxima semana deverá acontecer a finalização dos serviços de ‘chek list’ da obra -avaliação, medição, etc., bem como a respectiva mobiliação da unidade para que a mesma entre em atividade provavelmente até o dia 04/04.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta