Uma bebê indígena, de 3 meses, morreu na noite de sábado (22) enquanto estava internada no Pronto-Socorro de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá.

Segundo a Polícia Civil, a menina estava em situação gravíssima com vários ferimentos na cabeça, pescoço, mãos e pelo corpo todo. A suspeita é de que ela tenha sofrido maus-tratos e negligência por parte da família.

De acordo com a Polícia, Pe Madzi na Utomotsilhori o Tsuime, de 3 meses, foi levada pela tia até a unidade de saúde na madrugada, mas não resistiu aos ferimentos. O caso é investigado pela Polícia Civil de Barra do Garças.

A criança mora em uma aldeia na zona rural de Barra do Garças.

O caso chegou à polícia depois que o Conselho Tutelar receber denúncia de que havia uma criança indígena em situação gravíssima no Pronto-Socorro.

Segundo informações do hospital, a criança deu entrada na unidade hospitalar na madrugada, sendo levada pela tia e por uma equipe da Casa de Saúde Indígena (Casai).

A Polícia Civil e a Vara da Infância foram comunicadas.

Ainda não há informações se a polícia identificou quem cometeu os maus-tratos contra a criança. O caso é investigado como homicídio.

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta