Um dos suspeitos de assassinar um homem de 50 anos a pauladas em Nova Xavantina, a 660 km de Cuiabá, na madrugada de quarta feira (30).

Conforme a Polícia Civil, o crime ocorreu em uma residência no setor Xavantina, próxima a uma praça do bairro. A vítima, João Cristino da Silva, de 50 anos, estava dormindo em sua casa quando dois homens chegaram em um carro e deixaram o som ligado para abafar a prática criminosa.

Após pularem o muro, os dois chamaram pela vítima, que não quis abrir a porta. Eles então arrombaram a porta dos fundos e atacaram o morador da casa com golpes de madeira. A vítima teve afundamento do crânio e morreu ainda no local.

A Polícia Civil foi acionada, que chamou a perícia oficial da Politec para coleta de informações na casa.

Com base nas investigações, os policiais civis chegaram à identificação do suspeito, de 30 anos, preso em flagrante. Ele confessou o crime e falou da participação de outra pessoa, que está foragida.

A condição física do suspeito chamou a atenção dos policiais, pois o homem usa muletas. Ao ser indagado sobre a capacidade para pular o muro, ele relatou que faria isso e algo mais que nem os policiais imaginavam.

Em relação à motivação do crime, o suspeito relatou que a vítima teria ameaçado seu irmão e que viviam em constante rixa, o que motivou o homicídio.

O veículo utilizado no crime foi localizado e passará por perícia.

O delegado Raphael Diniz autuou o suspeito em flagrante e após os procedimentos na delegacia, ele foi encaminhado para a penitenciária Major Zuzi Alves da Silva, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Via | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *