A Lomadee, startup de consultores digitais do Movimento Compre&Confie, mostra estratégias para ganhar até R$ 10 mil em vendas no e-commerce no período

O distanciamento social e o fechamento das lojas físicas causados pela pandemia, incentivou grande parte das pessoas a recorrerem às compras no ambiente digital, fazendo com que o e-commerce registrasse sua maior alta nos últimos 20 anos no Brasil. Como a Black Friday e as vendas online caminham paralelamente, neste ano a data pode gerar um impacto super positivo para o comércio eletrônico.

Pensando nisso, a Lomadee, startup de consultores digitais do Movimento Compre&Confie, apresenta dicas de como vender mais neste período de promoções, que promete um retorno financeiro muito vantajoso para quem trabalha com vendas online. Com um tempo de dedicação ideal, uma estratégia de divulgação bem definida e uma boa escolha dos produtos, os consultores especializados podem faturar até R$ 10 mil, adquirindo, dessa forma, oportunidade de renda extra e independência financeira.

Abaixo confira as recomendações para vender melhor no e-commerce durante a Black Friday e ir de acordo com as expectativas dos consumidores.

• Produtos mais vendidos

Apesar da Black Friday ser abrangente e promover preços baixos para todos os tipos de produtos, alguns segmentos acabam se destacando e se tornam foco dos compradores. No ano passado, por exemplo, o setor de eletrônico foi o que mais se evidenciou nas vendas, segundo dados da Neotrust|Compre&Confie. Por isso, vale identificar os produtos que estão em alta entre os consumidores e, assim, apostar em uma estratégia de vendas direcionadas para eles.

• Explore ao máximo as redes sociais

Diversos estudos sobre o setor apontam que cada vez mais a recomendação de produtos por influenciadores é fator importante para decisão de compra. Assim, investir na divulgação em mídias sociais como Facebook, YouTube, WhatsApp, TikTok e Instagram pode ser uma estratégia de alavancagem nas vendas, uma vez que estes canais permitem anúncios mais humanizados e que gerem maior engajamento com os usuários que se identificam com o afiliado que está promovendo o produto.

• Fatores que determinam a compra

Além de um preço justo, outros aspectos interferem no momento de decisão de compra de um consumidor digital. Para que ele defina em qual loja virtual irá realizar seu pedido, condições como agilidade na entrega, frete gratuito e possibilidades de parcelamento ideais, se tornam essenciais na hora da aquisição.

• Analise o perfil dos clientes

Cada consumidor tem suas características específicas, que acabam determinando seu perfil durante as compras online. Existem clientes que se planejaram para comprar na data, há os que compram por impulsividade e aqueles que são influenciados. É importante que o consultor trabalhe suas divulgações permeando essas particularidades, para gerar melhores resultados.

• Foco no consumo próprio

A maior parte dos consumidores que realizam suas compras na Black Friday, visam o consumo próprio, ou seja, farão compras para se auto presentear. Pensando nisso, é interessante que os consultores estabeleçam estratégias que promovam este conceito e que enfatizem as vantagens de comprar para si mesmo. Vale ainda destacar que existe também um grupo alto de consumidores que buscará ofertas na data para poder antecipar os presentes de Natal.

Sobre a Lomadee

Criada em 2009 com a promessa de revolucionar as formas de monetização na internet, a Lomadee foi pioneira em marketing de afiliados na América Latina e eleita a melhor plataforma de afiliados em 2019. Com mais de 400 mil consultores online especializados, a companhia possibilita que empresas possam diversificar sua publicidade digital e oferece a usuários a possibilidade de independência financeira por meio do empreendedorismo digital.
Fonte | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *