Inserida no programa de revitalização da pavimentação asfáltica da malha viária da cidade, a avenida Daniel Clemente está ganhando um novo visual a partir do trabalho de requalificação feito pela Prefeitura de Rondonópolis.

Nesta semana foi dada a largada para a obra de restauração do asfalto com a realização dos serviços de fresagem e o recapeamento da avenida que tem uma grande importância para mobilidade da cidade. O recapeamento está sendo feito com material do tipo Concreto Betuminoso Usinado à quente (CBUQ).

A Daniel Clemente conta com uma grande circulação de veículos e é uma via de acesso a diversos bairros, à Rodovia do Peixe e várias empresas instaladas no Distrito Industrial Rondonópolis.

O recapeamento será feito em toda a extensão da avenida, indo do viaduto sobre as BRs 163 e 364 até o início da Rodovia do Peixe. Os recursos para o custeio das obras são oriundos de emenda da bancada federal de Mato Grosso, com contrapartida do município.

“Todo o asfalto antigo já está sendo substituído por uma nova camada asfáltica”, disse o fiscal do contrato, o engenheiro da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra), Fernando Vilela. A obra está inclusa num contrato orçado em mais de R$ 7 milhões, que beneficiam com pavimentação também o acesso aos bairros da região do Grande Conquista e o complemento das Binários Norte e Sul, ambas margeando a Avenida dos Estudantes.

Além de um novo visual para a avenida Daniel Clemente e a melhoria da sua infraestrutura, a revitalização possibilitará mais conforto e uma maior segurança para os milhares de condutores que trafegam diariamente pela região.

A obra teve como ponto de partida o trecho da avenida nas imediações do início da Rodovia do Peixe, nas proximidades do acesso aos bairros Magnólia e Dona Fiúca.
Segundo Fernando, o planejamento inicial é que a requalificação das duas pistas da Avenida Daniel Clemente seja concluída dentro de 30 dias, garantindo novo pavimento.

O engenheiro da Sinfra comentou que todo o trabalho está sendo desenvolvido sem a necessidade, neste momento, de fechamento completo da avenida. Dessa forma, a orientação para os condutores que trafegam pelo local é que redobrem a atenção, pois as interdições acontecem apenas nas faixas em que a equipe da empresa contratada para executar a obra estiver atuando.

Ação contínua

A recuperação da malha viária pavimentada de Rondonópolis é uma ação continua desenvolvida pela administração municipal desde 2017.

Esse ano, por exemplo, a administração municipal já concluiu o serviço de aplicação de microrrevestimento asfáltico em mais de 380 mil metros quadrados de ruas e avenidas de diversos bairros da região da Vila Operária, a mais populosa da cidade.

Neste momento, a prefeitura também avança com uma outra etapa de obras de revitalização do pavimento asfáltico de ruas e avenidas da cidade por meio do microrrevestimento. São duas frentes de trabalho que ao todo devem restaurar nesta etapa mais de 60 km de pavimento envelhecido, beneficiando mais de 30 bairros da cidade.

Além disso, o município já realizou desde 2017 o recapeamento das vias do quadrilátero central com CBUQ e, ainda, fez a aplicação da lama asfáltica em ruas de vários bairros.

Viabilizadas com recurso próprios, as obras de revitalização asfáltica da malha viária da cidade objetivam melhorar as condições do pavimento para trafegabilidade de veículos, além de valorizar e melhorar o visual das ruas e avenidas.

Fonte | Assessoria   Foto | Wheverton Barros

Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *