Mãe dos gêmeos também descobriu após o parto que estava infectada, mas nesta sexta-feira (31) todos voltaram para casa

Mãe de gêmeos, Bruna da Silva, de 25 anos, descobriu quatro dias após o parto que estava com covid-19, assim como uma das crianças, o pequeno Leonne Wadryan da Silva. Ele ainda nasceu com alguns problemas de saúde e teve que realizar uma cirurgia e ficou internado um mês num leito de Unidade Terapia Intensiva (UTI) em Cuiabá. Após 30 dias, Leonne recebeu alta e pode ia para a casa em Tapurah, pois a mãe já está curada. Também  foi para a casa a irmão de Leonne, Loyanne, que não pegou covid e ficou este período aos cuidados da avó materna.

Da filha, Bruna conseguia ver fotos e também fazia vídeos chamadas. Mas de Leonne ela só tinha notícias pelo telefone.

“Vivemos um momento mágico na hora de voltar para casa, estou muito feliz. Agora sim vou poder curtir e amar ainda mais meus filhotes juntos, agradeço a toda a equipe médica, foram todos maravilhosos comigo e com meus filhos. É um alívio saber que estamos bem e curados, mesmo sabendo que a batalha do Leonne ainda não acabou, ele precisa fazer mais uma cirurgia no bracinho ainda, mas com fé em Deus, tudo vai dar certo”, conta Bruna.

A Diretora do Hospital, Rosimeire Amaro Alves, que acompanha toda a história, diz que ter este final feliz é gratificante. “Hoje, observando a família unida novamente, é a sensação de dever cumprido, nós, minha equipe toda, fizemos a nossa parte e ainda vamos ficar acompanhando a família por um bom período, a saúde está se desdobrando para cuidar de todos, é nosso dever dar condições e cuidados a todos que necessitam de auxílio médico, me sinto realizada”, diz Rosi.

Fonte | RMT

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *