No estádio de SP serão colocados 202 leitos para receber pacientes com Covid-19 de baixa complexidade. Mais 1.800 leitos serão colocados no Anhembi.

Começou neste domingo (22) a construção de um hospital de campanha no estádio do Pacaembu, na Zona Sul de São Paulo, onde serão colocados 202 leitos para receber pacientes com coronavírus.

A tenda de 6.300 metros quadrados está sendo erguida por 80 funcionários e a previsão é de que a obra termine entre até 10.

Neste domingo, o governo federal divulgou que chegou a 25 o número de mortos por coronavírus no país – só no estado de São Paulo são 22 mortes e mais 631 casos confirmados.

Segundo a Prefeitura de São Paulo, mais 1.800 leitos serão colocados no Complexo do Anhembi, na Zona Norte da capital, onde fica localizado o sambódromo.

A construção do hospital de campanha no Pacaembu decorre da formalização de uma parceria entre o Allegra Pacaembu, que adquiriu a concessão para a exploração do estádio e do complexo, com a Prefeitura. No total, os dois locais abrigarão 2.200 leitos para receber pacientes com coronavírus de baixa complexidade hospitalar.

Veja vídeo:

Os pacientes que terão vagas a leitos nestes locais serão definidos pela Secretaria Municipal de Saúde, após terem passado por outros hospitais ou unidades básicas de saúde, onde será feita uma triagem.

Segundo a Prefeitura, a Allegra Pacaembu tem dentre suas sócias a Progen, uma empresa com experiência em montagem de estruturas provisórias e também na construção de hospitais de campanha com tendas.

O Complexo do Pacaembu estará fechado para o público em geral e para a prática esportiva durante toda essa operação.

Fonte | G1  Fotos | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *