Das mortes, três foram registradas em Rondonópolis e uma no município de Pedra Preta, a 243 km de Cuiabá. As outras mortes foram registradas no mês de maio.

Um paciente da Santa Casa de Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, morreu na segunda-feira (10) com suspeita de H1N1. A identidade da vítima não foi divulgada. Além deste óbito, outras três mortes pela doença são investigadas pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

Das mortes, três foram registradas em Rondonópolis e uma no município de Pedra Preta, a 243 km de Cuiabá.

As outras mortes foram registradas no mês de maio.

No dia 27 do mês passado, um idoso de 64 anos, que estava internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, morreu. Segundo o laudo médico, ele estava com dificuldade para respirar.

Já no dia 29, uma mulher, de 44 anos, morreu na Santa Casa. Ela apresentava sintomas da doença. Um dia depois, um homem que estava internado no Hospital Regional morreu com os mesmos sintomas.

A secretaria de Saúde de Rondonópolis informou que não há mais vacinas disponíveis nos postos. Ainda segundo a secretaria, mil doses foram solicitadas ao Ministério da Saúde.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *