Polícia fez uma operação nessa segunda-feira (2) para evitar a fuga de presos da Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis. Buracos interligavam celas da unidade.

Um plano de fuga na Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa, a Mata Grande, em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, foi descoberto e uma operação realizada nessa segunda-feira (2) para evitar que fosse concretizado.

De acordo com a Polícia Civil, durante a operação batizada como Alcatraz, foram identificados buracos e grades cerradas em quatro celas do raio 3.

A operação foi feita pela Polícia Civil com o apoio da Polícia Militar e agentes penitenciários.

As celas estavam com as grades cerradas etinham buracos fazendo a interligação com outras celas, o que, segundo a polícia, indicaria um plano de fuga em massa.

Havia um buraco abaixo de janela da cela (Foto: Polícia Civil-MT/ Divulgação)

Havia um buraco abaixo de janela da cela (Foto: Polícia Civil-MT/ Divulgação)

A Polícia Civil informou que há alguns dias vinha recebendo informações de que havia um plano de fuga em ação e, com isso, as equipes ficaram sob alerta na Semana Santa a qualquer movimento atípico na rotina da penitenciária.

Nessa segunda feira, diante da suspeita de que a fuga poderia ocorrer a qualquer momento, a polícia decidiu ocupar todos os raios, o perímetro interno e perímetro externo do presídio.

O raio 3, onde foram encontradas as evidências do plano de fuga, foi isolado para reparos.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta