Suspeito tentou fugir, mas foi cercado por moradores e sofreu trauma facial. Segundo dono de hotel, o local já foi alvo de roubos e furtos.

O dono do hotel, José Barbosa de Arruda, afirmou que o local já foi alvo de roubos e furtos em outras ocasiões. “Essa deve ser a quarta ou quinta vez que entram aqui”, disse. Dessa vez, o suspeito preso levou uma bicicleta, que foi recuperada no momento da prisão, e uma bomba de água, que não foi localizada.

À polícia, o dono do hotel e os familiares dele, que trabalham no local, disseram que perceberam que as coisas estavam reviradas na área dos fundos e que alguns objetos haviam desaparecido e outros estavam encostados no muro do hotel. Ao verificarem as câmeras de segurança, eles viram toda a ação do suspeito e perceberam que ele estava voltando para buscar os outros objetos deixados próximo ao muro.

O proprietário do hotel foi até os fundos do estabelecimento e gritou por ajuda para capturar o suspeito, que começou a correr por terrenos cercados por arames farpados, tentando fugir. O homem acabou por lesionar a face nas cercas, situação que se agravou após ser cercado por moradores, que o agrediram.

Após a polícia chegar ao local, o suspeito foi encaminhado para a Unidade de Pronto-Atendimento (Upa), onde foi constatado que ele sofreu trauma facial. Na sequência, ele foi encaminhado para o Hospital Regional de Rondonópolis, onde foi ouvido pela polícia e forneceu um nome que a polícia suspeita ser falso.

O crime é apurado pela Polícia Civil. Segundo o dono do hotel, nas filmagens das câmeras de segurança, um segundo suspeito é visto, mas ele ainda não foi identificado.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta