A ROG.e 2024, um dos maiores eventos de energia do mundo, contará com mais três nomes relevantes do setor de petróleo e gás: o CEO da Fluxys, Pascal de Buck, o presidente da Acelen, Luiz de Mendonça, e o Diretor Executivo de Exploração e Produção da Petrobras, Joelson Mendes. Todos participarão da Sessão Diálogos, quando lideranças do segmento debaterão cenários futuros, negócios e sustentabilidade. Um importante fórum de discussão da conferência, organizada pelo Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP), que ocorre entre 23 e 26 de setembro, no Rio de Janeiro.
 

Pascal atua na Fluxys desde 2002, passando por áreas de gerenciamento comercial, desenvolvimento de negócios, além de ter ocupado outros cargos relevantes como presidente do board institucional. Ele é formado em direito pela Universidade de Ghent, na Bélgica, e tem pós-graduação em gestão de finanças pela EHSAL Management School.
 

Mendonça possui mais de 30 anos de experiência internacional em cargos de liderança: já foi CEO, COO e membro de Conselhos de Administração em companhias dos setores químico, petroquímico, de biocombustíveis e de energia. Tem expertise em fusões e aquisições, integração de empresas, inovação e tecnologia e desenvolvimento de negócios. Foi responsável pela implementação da estratégia de internacionalização de grandes empresas brasileiras. É formado em Engenharia de Produção pela Poli-USP e possui MBA pela Insead-França.
 

Mendes ingressou na Petrobras em 1987 como Engenheiro de Equipamentos, tendo ocupado várias funções gerenciais nos últimos 31 anos. Foi Gerente de Operação de diversas plataformas, Gerente Geral das unidades da Petrobras no Amazonas, no Rio Grande do Norte, no Ceará e da Bacia de Campos. É engenheiro mecânico formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com MBA em gestão empresarial pela FGV e especialização em gestão avançada pelo INSEAD, da França.
 

O presidente do IBP, Roberto Ardenghy, analisa que esta é uma oportunidade única para que sejam debatidos temas essenciais para o futuro do setor, como novas tecnologias verdes, soluções de baixo carbono, transição energética, gestão de exploração e produção, transformação digital e diversidade. “A ROG.e 2024 será uma edição memorável e aberta para debater como será o futuro do nosso segmento. Temos uma responsabilidade, especialmente com a sociedade, de garantir eficiência e segurança energéticas com foco sustentável para as próximas gerações”, analisa o executivo.

(Visited 1 times, 1 visits today)