As vítimas de 15 e 20 anos sofriam com os abusos praticados pelo irmão há vários anos

Um psicólogo suspeito de abuscar sexualmente de duas irmãs, atualmente com 15 e 20 anos de idade, teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, nesta sexta-feira (19). O crime foi investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) de Cáceres (228 km a oeste de Cuiabá).

A prisão do suspeito de 32 anos foi realizada na cidade de Londrina (PR) e contou com o apoio da Polícia Civil do estado do Paraná. A ação faz parte da Operação Monstrum Domi (monstro em casa), deflagrada pela DEDM de Cáceres, para combate aos crimes sexuais ocorridos no município.

O suspeito é filho do mesmo pai das vítimas e abusava das duas meias-irmãs há vários anos e ameaçava as vítimas para que não contassem para a família.

As investigações iniciaram no dia 28 de dezembro, quando as vítimas procuraram a Delegacia da Mulher de Cáceres, para denunciar os abusos sofridos pelo irmão. Segundo as informações, a irmã mais velha era obrigada a manter relações com o suspeito e chegou a ser ameaçada de morte pelo irmão, quando começou a namorar. 

Já a vítima de 15 anos era constantemente assediada pelo suspeito, que aproveitava os momentos em que ela estava sozinha para praticar os abusos. Diante da gravidade dos fatos, a delegada titular da DEDM, Paula Gomes Araújo, representou pela prisão preventiva e busca e apreensão contra o investigado, que foram deferidos pela Justiça.

Ao saber que estava sendo investigado pela Polícia Civil, o suspeito fugiu da cidade e foi para casa da mãe na cidade de Londrina (PR). Com informações do paradeiro do investigado, a equipe da DEDM entrou em contato com a Polícia Civil de Paraná, que contribuiu para a prisão do suspeito.

Em Cáceres, os policiais da DEDM foram até a casa do investigado para cumprir um mandado de busca e apreensão e apreenderam um notebook e uma balança de precisão.

Via | PJCMT Fotos | Divulgação

Print Friendly, PDF & Email
(Visited 1 times, 1 visits today)