São 90 horas de aulas votadas para profissionais da educação, cultura, turismo e público em geral

Quem se interessa por Educação Patrimonial tem agora a oportunidade de aprofundar os conhecimentos sobre o tema. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em parceria com a Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF), oferece nove cursos online sobre o tema. As inscrições podem ser feitas a qualquer momento, no site da Escola Virtual de Governo , da Enap. O conteúdo do curso é voltado para profissionais da educação, da cultura e do turismo, mas o público em geral também pode se inscrever . Quem concluir as 90 horas desses treinamentos receberá também uma certificação em Educação Patrimonial.

“Em vários momentos do curso , usamos o P atrimônio C ultural do Distrito Federal como exemplo, mas o conteúdo pode ser bastante aproveitado por profissionais que atuam em todo o território nacional”, e xplica Ana Carolina Dantas , a nalista de patrimônio cultural da Superintendência do Iphan no Distrito Federal , que integra a equipe de elaboração do curso.

A parceria entre o Iphan e a SEEDF teve sua primeira edição em 2021, com a abertura do curso “Educação Patrimonial, Diversidade e Meio Ambiente no Distrito Federal”. A partir daí, outros temas foram agregados à programação , com a participação de 20 profissionais de diversas instituições que trabalham com temas disponibilizados no mate rial, como o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e a Universidade de Brasília (UnB) . O escopo do curso inclui tópicos como Turismo Cultural, Inventários Participativos, Edu cação Museal , Arte, Meio Ambiente e Diversidade , e culminou na construção de uma certificação mais ampla sobre o tema.

“Muitos professores que fazem nossos cursos já são familiarizados com o P atrimônio C ultural e abordam esta temática em sala de aula, mas a capacitação oferece outras formas de abord á-la dentro do contexto dos alunos”, completa o an t ropólogo do Iphan – DF , Vinícius Prado .

O objetivo do curso é difundir os conhecimentos e práticas de Educação Patrimonial no intuito de incentivar a preservação dos bens culturais do Distrito Federal , conforme consta no Termo de Cooperação assinado entre o Iphan e a SEEDF em 2020. Mas o conteúdo foi construído de forma que pode ser aplicado à realidade de qualquer outro estado brasileiro, o que permitiu expandir ainda mais o público-alvo da iniciativa.

Os interessados podem se inscrever clicando neste link .

Via | Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) Foto | Divulgação

Print Friendly, PDF & Email
(Visited 1 times, 1 visits today)