Notas estarão disponíveis na Página do Participante; provas foram aplicadas nos dias 5 e 12 de novembro

Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023 serão divulgados nesta terça-feira (16/01), na Página Participante. As notas dos treineiros, aqueles que fizeram as provas em busca de autoavaliação, serão divulgadas em março, como especifica o edital. O Enem 2023 foi aplicado nos dias 5 e 12 de novembro e contou com mais de 3,9 milhões de inscritos.

Para acessar as notas, é necessário entrar na Página do Participante com o login único da plataforma gov.br. Caso o participante não lembre a senha cadastrada, é possível recuperá-la. Basta acessar a página acesso.gov.br, digitar o CPF e clicar em “Avançar”. Em seguida, é necessário clicar em “Esqueci minha senha”, selecionar uma das formas de recuperação, preencher os campos solicitados e gerar uma nova senha.

O espelho das redações estará disponível para consulta em 90 dias, após a divulgação dos resultados. Os textos são avaliados de acordo com as cinco competências apresentadas na matriz de referência. A nota pode chegar a 1000 pontos, mas há fatores que levam à nota zero. Entre eles estão: fuga ao tema, extensão total de até sete linhas, trecho deliberadamente desconectado do tema proposto, não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa e desrespeito à seriedade do exame.

Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica e, ao longo de mais de duas décadas de existência, tornou-se uma das principais portas de entrada para a educação superior no Brasil. As notas do exame são usadas para acessar vagas por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (ProUni), ambas ações do Ministério da Educação (MEC).

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são usados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetro para acesso aos auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados individuais do Enem também podem ser usados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitarem as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

Via | Agência Gov, com informações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) Foto | MArcelo Camargo – Agência Brasil

Print Friendly, PDF & Email
(Visited 1 times, 1 visits today)