Dois suspeitos foram presos pela morte da mulher. A polícia foi até a casa da vítima para pegar um documento de identificação e o marido recebeu as equipes. Ele sacou a arma e apontou para os policiais.

O corpo de uma mulher foi encontrado em uma plantação de soja, na manhã desta quinta-feira (11), em Campo Novo do Parecis. Durante a investigação do caso, a Polícia Militar foi até a casa da vítima e o marido dela sacou a arma e entrou em confronto com as equipes. O homem morreu no local.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi identificada como Marta Maria Ferreira Leitão, de 34 anos, e o marido como Dorvalino Pereira dos Santos, de 77 anos.

Uma equipe de investigação da polícia foi acionada após o corpo de Marta ser encontrado na lavoura, próximo à zona rural do município. A vítima tinha marcas de tiro pelo corpo. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec-MT) esteve no local e encaminhou o corpo à necropsia.

Logo após a localização da vítima, as equipes obtiveram informações de que dois suspeitos em um carro teriam cometido o crime. O primeiro suspeito, de 19 anos, foi preso por uma equipe da PM.

Em seguida, policiais civis e militares encontraram a casa do segundo suspeito, de 24 anos. Também foram apreendidos o veículo e o revólver usados no crime. A dupla foi encaminhada para a delegacia e interrogada. Eles foram autuados por homicídio qualificado.

Morte do marido

Durante as investigações, uma equipe policial foi até a casa informada como sendo da vítima para buscar um documento que pudesse identificá-la oficialmente. No local, os policiais foram recebidos por um homem que disse ser o marido da vítima.

Ele questionou o que a equipe queria com a esposa e foi informado que a Polícia Civil precisava de um documento oficial de identificação.

Contudo, Dorvalino entregou o documento e sacou uma arma. Um dos policiais tentou tirar a pistola do idoso e pediu que ele largasse. De acordo com a polícia, o homem não obedeceu e apontou a arma contra os policiais, que atiraram.

Uma equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para o socorro, porém, foi constatada a morte do idoso.

A Politec-MT também foi acionada e a arma foi recolhida.

Via | G1 Foto | PJCMT

Print Friendly, PDF & Email
(Visited 1 times, 1 visits today)