Cerca de 334 mil vendas ocorreram em todo o Brasil em 2023. Das 27 unidades da Federação, Amazonas, Amapá, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Paraíba e Santa Catarina ainda não aderiram à ferramenta

Por meio da ferramenta venda digital, disponível na Carteira Digital de Trânsito (CDT), ocorreram 16.967 transações comerciais de veículos em 2023 no Mato Grosso. A possibilidade de comprar e vender veículos automotores por meio da CDT já é uma realidade em quase todo o Brasil. No total, 20 unidades da Federação já aderiram à funcionalidade criada pela Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran).

Com a venda digital, é possível realizar a transação comercial de automóveis sem necessidade de reconhecer firma ou assinar contrato em papel, com a assinatura digital do gov܂br e biometria facial. Para consolidar a venda, o novo proprietário precisa apenas ir ao departamento de trânsito local para fazer a vistoria e realizar a transferência do veículo.
 

Em 2023, o aplicativo possibilitou a realização de 334.747 vendas digitais em todo o país. A Senatran aguarda a adesão à ferramenta do Amazonas, Amapá, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Paraíba e Santa Catarina, que ainda não oferecem essa facilidade.

Como funciona:

• O aplicativo permite a realização de uma transação mais rápida e simples.
• A segurança é garantida pela exigência de login do usuário com conta prata ou ouro, na plataforma gov.br, além de biometria facial para a assinatura digital.
• Feita a operação, o proprietário precisa apenas se dirigir ao Detran local para fazer a vistoria e realizar a transferência do veículo.
• Somente proprietários de veículos com documentos emitidos a partir de 4 de janeiro de 2021, quando o antigo Documento Único de Transferência (DUT) foi substituído pela versão digital (ATPV-e), podem desfrutar da facilidade.
 

Via | Assessoria Ministério dos Transportes Foto | Divulgação

Print Friendly, PDF & Email
(Visited 1 times, 1 visits today)