Em meio às celebrações, é comum deixar os exercícios em segundo plano, mas manter a consistência é essencial.

A chegada do final do ano marca um período de celebrações, reuniões familiares, viagens e mudanças significativas na rotina diária. Nesse momento, é comum que os treinos de academia fiquem em segundo plano ou até sejam excluídos do dia a dia. Porém, especialistas garantem que é possível manter o foco na busca por uma vida saudável durante as festas.

O planejamento de horários, confraternizações e programação das férias pode ajudar a manter uma rotina de exercícios, mesmo sem frequentar a academia.  A mudança na rotina, típica dessa época do ano, não precisa ser sinônimo de descuido com a saúde. Ao contrário, conforme especialistas, o momento pode ser uma oportunidade para explorar novas formas de manter a prática de atividades físicas, seja em ambientes diferentes, ao ar livre ou em casa.

Para quem pretende viajar, a recomendação é incluir na bagagem roupas e tênis adequados. Para as mulheres, um top e uma calça legging feminina são apropriados para diferentes tipos de exercícios. Já os homens podem optar por bermuda e camiseta.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a prática regular de atividade física auxilia na melhoria da saúde e na prevenção de doenças crônicas. Também traz benefícios para o corpo e a mente. A recomendação é pela prática semanal de 150 a 300 minutos de exercícios moderados ou de 75 a 150 minutos de exercícios intensos. Especialistas pontuam cinco orientações para não correr o risco de abandonar a atividade física no final do ano.

Encontre um horário adequado para os exercícios

Definir o horário para a prática de exercícios auxilia a manter a constância e superar a falta de tempo. Mesmo os treinos de curta duração podem proporcionar benefícios significativos para a saúde, como destaca a educadora física e influenciadora digital, Carol Borba, durante os programas de HIIT que oferece pela internet.

“Não me abandona” é a frase que ela usa com frequência durante os treinos para motivar os seguidores a não desistirem dos exercícios, que podem ser feitos em casa ou qualquer outro ambiente.

Se a preferência for pela atividade ao ar livre, é necessário considerar as condições climáticas. A luz do sol atinge sua intensidade máxima entre 10h e 14h, período em que o calor excessivo pode levar à desidratação e exaustão. Portanto, é aconselhável dar preferência aos treinos no início ou final do dia, quando as temperaturas são mais amenas e o sol menos intenso.

Planeje-se para as festas de confraternização

O endocrinologista Filippo Pedrinola explica que um erro comum nas festas de fim de ano é a alimentação excessiva em conjunto com o comportamento sedentário. Em média, uma pessoa pode consumir 6 mil calorias no dia de Natal, três vezes a dose diária recomendada. Por esse motivo, é importante estar atento e manter uma alimentação mais consciente e equilibrada. 

“Não há receita milagrosa para comer de tudo e não ter nenhuma consequência negativa, mas há como amenizarmos”, informou o especialista à imprensa. “O segredo está na quantidade, em ter consciência do quanto você está ingerindo. Isto é, se for comer de tudo, como pouco de tudo.”

O planejamento para a alimentação nas festas evita não só o desconforto causado pelos excessos, que tendem a afastar as pessoas da academia, como também, o pensamento de que como houve exagero, o retorno à rotina só será no próximo ano.

Varie as atividades físicas durante a viagem

Se o final do ano inclui viagens, uma sugestão é aproveitar o momento para variar as atividades físicas: caminhadas na praia, corridas em parques locais ou, até mesmo, exercícios no hotel utilizando o peso do corpo são alternativas viáveis. 

Manter a prática regular de exercícios contribui para a autoestima e o bem-estar, tornando as saídas para praia um complemento charmoso para o look da viagem de férias, em vez de uma forma de esconder o corpo, por exemplo.

Estabeleça metas realistas

Definir metas para o período de festas pode ser um desafio, mas é importante que elas sejam realistas e alcançáveis. Isso evita a frustração e ajuda a manter o foco. O personal trainer e especialista em desempenho, Luke Worthington, defende que é preciso definir o que é inegociável no momento de criar metas. 

“Veja quanto tempo você pode se comprometer de forma realista com o exercício e quando isso pode acontecer”, aconselhou em entrevista à imprensa. No fim, o importante é se sentir bem com seu planejamento e conquistar sua meta, seja para usar biquínis de cintura alta ou aquele fio dental preferido do verão. 

Participe de atividades em grupo

Além disso, aproveitar o espírito de confraternização das festas para integrar atividades em grupo aos seus treinos pode ser uma excelente ideia. Participar de aulas de dança, caminhadas coletivas ou organizar sessões de exercícios com amigos e familiares pode ser uma maneira divertida de manter a motivação e a regularidade nos treinos.

O professor de educação física do SESI Goiás, Junio Rodrigues, explica que a prática de atividade física em grupo pode ser uma aliada na criação de rotinas, sendo uma forma de aumentar a motivação, gerar comprometimento, reduzir o estresse e melhorar o humor e o sono. “Ao mesmo tempo, aumenta o círculo de amizade, ou seja, é essencial para uma boa saúde e qualidade de vida”, pontuou em entrevista à imprensa. 

Via | Assessoria Foto | splitov27 / Freepik

Print Friendly, PDF & Email
(Visited 1 times, 1 visits today)