Carreta do Hospital de Amor está de volta a cidades da região

A carreta do Hospital de Amor de Barretos (SP) está de volta às cidades da região de Rondonópolis, realizando um importante serviço de prevenção às comunidades, especialmente as mais carentes. A ação conta com o apoio da Associação de Amor de Voluntários de Combate ao Câncer de Mato Grosso (AAVCC-MT), com sede em Rondonópolis.

Através da iniciativa são realizados exames de papanicolau (preventivo de colo do útero), PSA (próstata) e avaliação da pele. A carreta começou os atendimentos na região pela cidade de Pedra Preta/MT (1º/12), depois Guiratinga (11/12), São José do Povo (12/12), Paraíso do Leste (13/12), Rondonópolis (14/12) e Itiquira (15/12). Ainda vai passar por Alto Taquari (18/12) e Alto Araguaia (19/12).

Conforme a enfermeira responsável pela carreta do Hospital de Amor de Barretos, Amanda Queiroz de Paula, foram realizados mais de 400 atendimentos nas cinco primeiras cidades ou comunidades visitadas até o dia 14 de dezembro, sendo que a maior procura se deu na cidade de Guiratinga, com mais de 100 atendimentos em um dia.

Amanda destaca que o propósito de levar os exames até as pessoas, através da carreta, é justamente promover a detecção precoce do câncer, considerando que o tratamento é muito mais exitoso quando diagnosticado no início. Nesse contexto, na rota atual pela nossa região, ela observa que em todos os municípios houve registros de pessoas com exames alterados de PSA e lesões grandes na pele.

Desde 2008 a carreta do Hospital de Amor passou a percorrer cidades do estado de Mato Grosso, incrementando o trabalho de diagnóstico e prevenção ao câncer. O veículo percorre as cidades atendidas uma vez por ano. Amanda informa que o exame de papanicolau é feito em mulheres de 25 a 64 anos; o de PSA, em homens de 50 a 69 anos; e o de pele, em homens e mulheres de todas as idades.

Na realização dos exames, quando há alguma alteração, a profissional diz que os pacientes são encaminhados para consulta em Barretos, onde também fazem diversos exames. A Associação de Amor de Voluntários de Combate ao Câncer de Mato Grosso tem um importante papel nesse trabalho, fornecendo o micro-ônibus no transporte e a Casa de Apoio na cidade paulista.

A presidente da AAVCC-MT, Katiene Salomão Correia, entende que, desde quando a carreta do Hospital de Amor passou a vir ao Estado, melhorou em muito o trabalho de prevenção ao câncer na região, pois muitas pessoas não têm condições de pagar pelas consultas e exames. “É uma oportunidade das pessoas fazerem os exames e cuidarem da saúde”, atesta. Com isso, muitas vidas já foram salvas.

O micro-ônibus da AAVCC-MT possui convênio com as Prefeituras de Rondonópolis e Pedra Preta, mas atende a pacientes de vários municípios. Katiene destaca que a carreta é apenas um dos serviços do Hospital de Amor na região, pois também dá todo respaldo para o tratamento das pessoas quando elas são diagnosticadas com câncer, do início ao fim, 100% pelo Serviço Único de Saúde (SUS).

Amanda enfatiza ainda que a carreta é muito relevante por atender muitas pessoas humildes e das zonas rurais, onde o acesso à saúde é mais restrito. “Dessa vez mesmo fiz vários atendimentos de papanicolau em pessoas de regiões rurais e urbanas que nunca tinham feito o exame”, observou.

Divulgação

Registro da carreta do Hospital do Amor em Rondonópolis, com a equipe de atendimento, voluntários e a presidente da AAVCC-MT.

Via | Assessoria Foto | Divulgação

Print Friendly, PDF & Email
(Visited 1 times, 1 visits today)