“Quanto mais floresta nós tivermos, mais oportunidades poderemos oferecer”, afirma Marcelo Thomé


A Amazônia, maior floresta tropical do mundo, ocupa quase 60% do território nacional, é habitada por 30 milhões de brasileiros e registra baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): todos os estados amazônicos estão abaixo da média nacional.

O bioma é rico em recursos naturais, em biodiversidade e tem um papel importante na regulação do clima do planeta. Condições favoráveis para práticas econômicas sustentáveis, a economia verde, confirmando que é possível conciliar o desenvolvimento socioeconômico com a manutenção da floresta viva. Alguns exemplos:

  • Bioeconomia: a biodiversidade da Amazônia oferece oportunidades para o desenvolvimento de produtos farmacêuticos, cosméticos e alimentos, entre outros, de maneira sustentável.
  • Turismo Sustentável: gerarenda para as comunidades locais e incentiva a conservação do meio ambiente.
  • Agricultura Sustentável: ajuda a alimentar a população local e é fonte de renda com baixo impacto ambiental.
  • Manejo Florestal Sustentável: fornece madeira e outros produtos florestais, ao mesmo tempo em que mantém a saúde e a biodiversidade da floresta.
  • Educação e Pesquisa: a Amazônia é um laboratório vivo para pesquisas. A educação e a pesquisa podem ajudar a desenvolver soluções para os desafios da região.

Marcelo Thomé, presidente do Instituto Amazônia+21, que desenvolve projetos sustentáveis para a região, destaca a importância da floresta viva. “Queremos incluir a Amazônia nas cadeias globais de valor, mas, principalmente, produz renda, dignidade e felicidade para a população. A lógica que nos orienta é a da bioeconomia. Quanto mais floresta nós tivermos, mais oportunidades poderemos oferecer. E quanto mais oportunidades tivermos, e isso virar negócio sustentável, teremos mais floresta”, conclui.


Projetos

As iniciativas de economia verde em execução na Amazônia já beneficiam milhares de famílias e as perspectivas de expansão são bastante promissoras. Segundo a Embrapa, a bioeconomia pode melhorar a qualidade de vida de 750 mil famílias entre agricultores familiares, povos e comunidades tradicionais. Os produtos florestais não madeireiros geraram mais de R$ 10,5 bilhões para famílias rurais de baixa renda, em 2021. No estado do Pará, por exemplo, 30 produtos da sociobiodiversidade criaram 224 mil empregos, 84% deles em estruturas produtivas de base familiar.

“A bioeconomia pode ser o caminho para se reverter o grande paradoxo da região Amazônica, marcada pela riqueza e abundância de recursos naturais e pela extrema pobreza das populações e comunidades locais”, frisa o pesquisador Judson Valentim da Embrapa.

O Turismo Sustentável de Base Comunitária (TSBC) é um modelo de turismo gerenciado pelas comunidades locais. O TSBC atende a diferentes tipos de turismo, como turismo de aventura, cultural, rural, e ecoturismo. Iniciativas de ecoturismo e pesca esportiva na Amazônia realizadas com apoio da Fundação Amazônia Sustentável (FAS) tiveram faturamento de R$15 milhões no período de 2017 a 2022.

“Não pensamos só no turismo, pensamos nessa atividade dentro de um conceito mais amplo, que envolve aspectos como saúde, educação, pesquisa e desenvolvimento, entre outros”, disse o superintendente geral da FAS, Virgilio Viana,

Fomento de negócios sustentáveis

Um dos propósitos do Instituto Amazônia+21, que reúne nove federações da indústria da Amazônia Legal, com apoio da Confederação Nacional da Indústria (CNI), é apoiar o desenvolvimento de projetos sustentáveis na região por meio da captação de recursos e pela promoção de negócios verdes.

Sobre o Projeto Indústria Verde

O Indústria Verde é uma iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) para apresentar as contribuições da indústria brasileira à agenda ambiental. A indústria é parte da solução no desenvolvimento sustentável. O setor produtivo é um dos pioneiros a assumir a responsabilidade de estimular a implementação dos compromissos climáticos no país.

Saiba mais sobre o Indústria Verde no site do projeto e nas redes sociais: Link

Via | Assessoria Foto | Divulgação

Print Friendly, PDF & Email
(Visited 1 times, 1 visits today)