Segundo o ClimaTempo, o fenômeno se estende até o dia 20 de dezembro.

Uma nova onda de calor deve fazer subir a temperatura em pelo menos oito estados do Brasil. — Foto: Arte/g1

Uma nova onda de calor deve fazer subir a temperatura em pelo menos oito estados do Brasil. — Foto: Arte/g1

Com a chegada de uma nova onda de calor, as regiões do sul e leste de Mato Grosso enfrentarão temperatura acima da média, 5 °C graus mais quente, segundo o ClimaTempo. A nova onda se estende até o dia 20 de dezembro e os termômetros podem marcar 42ºC.

🌡️Esta é a quinta onda de calor consecutiva no país que já registrou o fenômeno em agosto, setembro, outubro e novembro.

Segundo os especialistas, isso é resultado das mudanças climáticas. Os recordes mostram uma alta nas temperaturas e que se somam aos eventos climáticos naturais, como a onda de calor.

O aquecimento global está mexendo com tudo e bagunça qualquer tipo de evento. Estamos tendo eventos mais extremos e mais frequentes— Fábio Luengo, meteorologista da Climatempo

Apesar da previsão de calor acima da média para o fim da semana, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) não emitiu até o começo da noite de segunda-feira (11) nenhum alerta por conta das altas temperaturas.

🧐Como se forma uma onde de calor?

🔥A onda de calor acontece quando temos uma temperatura cinco graus acima da média por um período de mais de cinco dias. Neste caso, ela deve se estender de 14 a 20 de dezembro, próximo da chegada do verão que acontece no dia 22 de dezembro.

Nos eventos anteriores, os avisos do Inmet confirmaram a dimensão e intensidade do fenômeno.

A formação da onda de calor é um processo. Ela se forma aos poucos e se nenhum outro evento faz baixar a temperatura, como uma frente fria, o calor intenso ganha força e chegamos a esses níveis.

Confira como se proteger da onda de calor de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS):

Mantenha sua casa fresca

  • Tente manter a temperatura abaixo de 32°C durante o dia e 24°C à noite, especialmente para crianças, idosos e pessoas com problemas de saúde crônicos;
  • Use o ar noturno para resfriar sua casa, abrindo janelas e persianas durante a noite;
  • Reduza a carga de calor interna fechando janelas expostas ao sol, desligando dispositivos elétricos e pendurando cortinas.

Evite o calor

  • Procure os lugares mais frescos da casa, especialmente à noite;
  • Se a sua casa não estiver fresca, passe algumas horas por dia em locais com ar-condicionado, como edifícios públicos;
  • Evite sair durante as horas mais quentes do dia e atividades físicas extenuantes.

Via | G1 Fotos | Divulgação

Print Friendly, PDF & Email
(Visited 1 times, 1 visits today)