O crime aconteceu no bairro Tarumã, em Várzea Grande, na sexta-feira (08). A criança morreu momentos após dar entrada em uma unidade médica.

Uma câmera de segurança registrou a mulher acusada de jogar a filha de dois meses, em uma fogueira, com o bebê no colo momentos antes. O caso aconteceu no bairro Tarumã, em Várzea Grande, na sexta-feira (08).  A menina morreu  após dar entrada no Pronto Socorro com queimaduras.

Nas imagens é possível ver a mulher carregando a criança no colo enquanto caminha pela rua. Ela fica parada por um tempo na calçada, olha ao redor e entra em um local, saindo do campo de visão da câmera. Momentos depois ela saí e tenta fugir forçando a porta de um carro preto que está próximo.

À polícia, testemunha disseram que ouviram o choro da bebê e a encontraram no fogo. Populares retiraram a criança das chamas e a encaminharam para o Pronto Socorro de Várzea Grande, mas a bebê não resistiu as queimaduras.

A mulher foi encontrada pela polícia nas proximidades, em uma região de mata, em estado de choque e com queimaduras pelo corpo. Ela também foi levada para atendimento médico, onde permaneceu internada.

Ainda conforme a polícia, a ex sogra da mulher contou que ela tem transtornos psiquiátricos e que não possui familiares no município.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e conteve o incêndio.

O caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa(DHPP).

Via | RMT Foto | Reprodução

Print Friendly, PDF & Email
(Visited 1 times, 1 visits today)