A vítima foi identificada como Darlison Barbosa de Souza, de 17 anos.

Um jovem de 17 anos, identificado como Darlison Barbosa de Souza, morreu no domingo (19), após ser pisoteado por um touro durante o treinamento para uma prova de montaria em um sítio de Aripuanã.

Imagens registradas por testemunhas que estavam no local mostram o momento em que o jovem monta no animal, se desequilibra e cai.

Segundo a Polícia Militar, o animal pisou em cima do peito de Darlison, que não resistiu e morreu.

O médico Dalto Mateus Schulz, que atendeu o caso disse que a vítima foi resgatada com vida, mas que morreu a caminho do hospital.

“Quando ele chegou na unidade já estava sem vida. Chegou com hematoma no tórax esquerdo, e na ambulância mesmo, no local ele tinha vida, estava com pulso fraco, mas quando saíram do local, dentro da ambulância ele teve parada cardíaca. Aqui ele já chegou sem vida. Foram feitos os procedimentos, mas ele não resistiu”, disse.

O que diz a lei?

Segundo a Lei nº 10.519 de 2002, o contrato para participar de rodeios para maiores de 16 anos e menores de 21 anos deve ser aprovado pelo responsável legal.

Depois dos dezoito anos completos de idade, caso a permissão para participar do evento seja negada, o contrato pode ser assinado diretamente pelas partes mediante aprovação judicial.

Via | G1 Foto | Reprodução

(Visited 1 times, 1 visits today)