A secretária municipal de Transporte e Trânsito (Setrat), Neuzeli Fuza lançou na manhã desta segunda-feira (09) na praça dos carreiros, a “Operação Ordem no Trânsito”, que visa sobretudo fiscalizar e combater os abusos no trânsito local, retirando de circulação condutores sem CNH, e veículo mal conservados e com documentação irregular.

Durante a operação que não tem data para terminar, todo o efetivo de 17 agentes de trânsito (amarelinhos) vão se postar em pontos estratégicos e de maior movimentação na cidade, fiscalizando o uso de cinto de segurança, pessoas falando ao celular enquanto dirigem e ainda, motociclistas em possível cometimento de irregularidade, como conduzir veículo sem habilitação, sem capacete, e sem placas, entre outras irregularidades.

Conforme a secretária os agentes vão focar a fiscalização em motos, já que os indicadores de trânsito apontam que a maioria dos sinistros envolvem motociclistas, em acidentes de colisões, atropelamentos e quedas entre outros.

Segundo a secretária Neuzeli, de janeiro até agosto a Setrat registrou cerca de 300 acidentes de trânsito. O mais preocupante é que essa média acabou aumentando em setembro! Para se ter uma ideia da gravidade do fato, na semana passada a secretaria registrou oito (08) acidentes envolvendo motocicletas em apenas dois dias, incluindo uma morte. De janeiro até agora já foram registradas 33 mortes no trânsito de Rondonópolis.

“É preciso destacar que todos estes acidentes, ocorreram em locais devidamente sinalizados (horizontal e vertical) e em alguns pontos até com semáforo. Infelizmente a população de Rondonópolis é infratora e não respeita a sinalização e nem a legislação de trânsito! Então de agora em diante teremos que endurecer e começar ai, a parte mais educativa/punitiva retirando de circulação os motoristas sem CNH, ou com veículo com documentação irregular; dirigindo sem cinto de segurança e/ou falando ao celular enquanto dirigem”, explicou a secretária.

Neuzeli repassou ainda que ao longo da semana os amarelinhos estarão em pontos estratégicos na cidade, fiscalizando, orientando e retirando de circulação as pessoas que insistirem em desrespeitar a legislação de trânsito.

A secretária externou que desde agosto foram feitas várias campanhas educativas nas escolas e empresas da cidade envolvendo mais de 5 mil pessoas, onde através de palestras educativas da “semana do trânsito”, tentaram conscientizar as pessoas dos perigos e consequências de não se respeitar a legislação e nem a sinalização de trânsito.

Neuzeli finalizou que é preciso mais colaboração e conscientização por parte da população, pois a não observância das regras de trânsito, invariavelmente tem sérias consequências, como acidentes graves e até fatais, já que as pessoas têm que ter mais cuidado e respeito pelas próprias vidas. “O Trânsito é responsabilidade de cada um, seja pedestre, condutor de carro, moto ou bicicleta, ou apenas o usuário comum do trânsito”, explicou.

Via | Assessoria Foto | Wender Dias

(Visited 1 times, 1 visits today)