Compartilhe!

O vice-prefeito e empresário rondonopolitano Aylon Arruda assumiu a presidência do PSD-Rondonópolis. A transmissão do cargo, presenciada por quase 600 pessoas, aconteceu na noite de quinta-feira (14), no salão principal da Uramb.

A função era ocupada pelo ex-vereador e ativista cultural Olímpio Alves, que fez renúncia espontânea para dar mais autonomia nas decisões de Arruda, que é pré-candidato a prefeito de Rondonópolis. “O Aylon está com muita vontade, com garra e determinação. Nosso objetivo é aumentar o espaço dele dentro e fora do partido. E ele vai longe. Hoje sou parceiro, um soldado à disposição para ajudar neste projeto. Sucesso Aylon Arruda”.

Quem também prestigiou o evento foi o deputado estadual Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD), responsável pelo ingresso de Aylon Arruda na vida pública. “Ele é um cara vencedor, que veio lá de baixo. Saiu da zona rural, comprou a empresa que trabalhava, virou empresário de sucesso e é um grande articulador. É um rapaz com pensamento futurista, inteligente. Estamos juntos nessa caminhada e prontos para ajudar Rondonópolis a continuar desenvolvendo”.

O prefeito José Carlos do Pátio não poupou palavras para demonstrar a satisfação de presenciar o crescimento político do seu vice, que pode ser o seu sucessor em 2024 e destacou a responsabilidade do seu grupo político que atualmente tem três pré-candidatos a prefeito. O nome de consenso do grupo será aquele que conseguir melhor desempenho nas pesquisas no próximo ano. “Estou aqui muito feliz porque o PSD chamou para si a responsabilidade da pré-candidatura do Aylon Arruda. Essa pré-candidatura tem que ser de todos. A responsabilidade é de cada militante do PSD. Na hora certa vamos escolher o nome. Nosso compromisso é com a cidade de Rondonópolis. Tenho certeza de que nosso grupo sairá mais uma vez vitorioso”.

Aylon Arruda agradeceu as palavras das lideranças políticas de Rondonópolis, a confiança do partido e garantiu que a data marca um novo momento em seu projeto político, rumo a Prefeitura de Rondonópolis. “Esse momento com a participação de centenas de trabalhadores, empresários, donas de casas e personagens da política de Mato Grosso é mais oxigênio, motivação para nosso projeto. Agora é ‘arregaçar as mangas’, trabalhar de manhã, à tarde e noite em cada canto da cidade, buscar apoiadores e levar a mensagem para a comunidade, que Rondonópolis precisa continuar nos trilhos e não pode parar”.

A jovem promessa da política de Rondonópolis pregou mais uma vez o diálogo, condenou o discurso ideológico e reafirmou seu planejamento para a maior cidade do interior de Mato Grosso. “Rondonópolis tem 70 anos e uma população de 250 mil habitantes. Nossa cidade é hoje destaque nacional pela sua riqueza, infraestrutura e qualidade de vida. Precisamos eleger um prefeito que tenha projeto para seguir com o desenvolvimento. Chega dessa divisão, que só leva ao retrocesso. Eu convido a todos para conhecerem nossa proposta para Rondonópolis, que inclui as crianças de hoje e o adulto de amanhã. Quero planejar a Rondonópolis centenária, com oportunidades para o trabalhador, o empresário e o homem do campo. Estou pronto para esse desafio”, completa Aylon.

Via | Assessoria   Foto | Divulgação
Deixe o seu comentário!
(Visited 1 times, 1 visits today)