Plataforma ajuda distribuidores na digitalização das informações técnicas do campo
,

Plataforma ajuda distribuidores na digitalização das informações técnicas do campo

SIMA que ultrapassou a marca de 7,3 milhões de hectares digitalizados no Brasil, levará ao Congresso da Andav tecnologias que ajudam na gestão, organização, controle, confiabilidade e qualidade dos dados coletados pelas equipes nas lavouras

A gestão e controle dos dados agronômicos no campo é algo extremamente importante, mas é preciso ser eficiente nessa coleta, afinal, não se gerencia o que não se mede e não se mede o que não se define. Diante dessa importância, a SIMA – Sistema Integrado de Monitoramento Agrícola, nos últimos anos vem revolucionando a gestão de informações das lavouras, ultrapassando a marca de 7,3 milhões de hectares digitalizados no Brasil. Para mostrar todos os benefícios e facilidades que sua plataforma pode também gerar aos distribuidores, a agtech participa mais uma vez do Congresso Andav, que começa hoje, 08, e segue até o dia 10 de agosto na capital paulista.

Além de comparecer com as equipes técnica e comercial em peso durante o evento, a empresa demonstrará aos visitantes e interessados os diferenciais de sua plataforma, que desempenha grande papel na digitalização de propriedades rurais, sendo ainda extremamente útil aos distribuidores agropecuários.

De acordo com Maurício Varela, Co-founder da SIMA, um dos problemas mais comuns observados em distribuidores é na área de geração de demandas, que ainda é manual. “Imagina 100 profissionais de campo preenchendo uma planilha, que posteriormente é enviada para um gerente ou coordenador com as atividades desempenhadas. Estes por sua vez vão demorar muito tempo para tabular e organizar essas informações trazidas pelas equipes de campo. Outro ponto importante é a confiança e qualidade dessas informações”, diz.

Nesse sentido, a plataforma se tornou indispensável e funciona de maneira muito simples e intuitiva, porém, de grande relevância e que proporciona muitas facilidades no dia a dia no campo. Com a solução, é possível em poucos cliques e de qualquer smartphone que o distribuidor saiba como está a execução do trabalho de seu time de campo, ou seja, dados como os de cadastramento de visita ou quantos hectares plantados, o que possibilita enxergar o market share de atuação.

Outro aspecto positivo é que o dado agronômico pode gerar oportunidade de negócio ao distribuidor e sua equipe, ou seja, ser mais consultivo para poder demonstrar conhecimento sobre o portfólio dos produtos que vende. Em cada monitoramento são adicionadas na plataforma informações, com registo fotográfico, a data e a hora de cada preenchimento. “A nossa plataforma ajuda também em outro problema comum nos distribuidores, que é histórico de informações que às vezes é perdido quando um colaborador se desliga da empresa, por exemplo, relata Maurício. Mas, ele acrescenta que “com a SIMA não há informação perdida, basta somente acessar a ferramenta e dar sequência no trabalho que já vinha sendo desenvolvido”.

Nova parceria anunciada

Recentemente, a SIMA celebrou parceria com a Agro Amazônia. Fundada há 40 anos, na cidade de Cuiabá (MT), esta oferece aos clientes soluções que obtenham melhor produtividade e sustentabilidade para seu negócio.

Conforme o anuário da Globo Rural 2022, a Agro Amazônia foi nomeada a melhor empresa do agronegócio brasileiro na categoria atacado e varejo. Atualmente, está entre os principais players no setor, em levantamento da Forbes Agro100 2022, ocupando a 48ª posição. Isso contando com uma equipe qualificada para atender as necessidades dos produtores rurais em sua matriz e 63 filiais em nove estados, com presença em todo Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Pará, Rondônia, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Acre e Minas Gerais.

A empresa tem como missão trabalhar para o desenvolvimento sustentável do agronegócio, enaltecendo os seus valores, consolidando-se como líder do segmento. “Fomos escolhidos pela Agro Amazônia pela eficiência agronômica, ou seja, o nível de detalhamento técnico que a nossa plataforma permite ser lançado com informações de campo”, disse o Co-Founder da SIMA.

Ainda de acordo com ele, as tratativas iniciaram a pouco mais de um ano quando a área de inovação da Agro Amazônia, responsável por buscar novas soluções e tecnologias, procurou a SIMA. “Nosso trabalho com eles tem sido juntamente com a equipe de geração de demanda, a qual conta com mais de 100 profissionais espalhados pelas filiais em vários estados do Brasil, realizando registros de atividades no campo. São em sua maioria jovens que estão sendo preparados para crescerem ou assumir outras funções dentro da Agro Amazônia”, completa.

Congresso Andav

Soluções como estas utilizadas pela Agro Amazônia poderão ser vistas de perto no estande da SIMA durante o Congresso Andav. Além de ser a maior edição já realizada, 2023 ainda apresenta a primeira agenda com painéis e palestras internacionais com temas estratégicos e as melhores práticas para o desenvolvimento do profissional do agronegócio, e uma área de exposição com mais de 150 marcas.

Sobre

SIMA é uma AgTech que surgiu em 2014 na Argentina com o objetivo de oferecer aos produtores uma plataforma simples, completa e inteligente para monitorar, controlar e analisar dados. Hoje a empresa está presente em 8 países da América Latina e possui mais de 7 milhões de hectares monitorados. Mais informações em: https://www.sima.ag/pt.

Via | Assessoria   Foto | Divulgação

Share this content:

(Visited 1 times, 1 visits today)
Ver mais: