Durante visitação, outras 18 mulheres foram presas tentando entrar no local com documentação falsa.

Vinte mulheres foram presas ao tentarem entrar na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, com carteiras de visitantes falsas e drogas. Duas visitantes prenderam os entorpecentes na região da barriga e tentaram se passar por grávidas.

De acordo com Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), as drogas seriam entregues aos companheiros das suspeitas que estão presos no local.

Com as duas mulheres, foram apreendidos cerca de 1,7 kg de entorpecentes análogos à maconha, pasta-base de cocaína e cocaína. De acordo com a PCE, a existência das drogas foi descoberta durante a revista de rotina realizada pelos policias penais.

Para esconder o material ilícito, uma das suspeitas também usava duas cuecas, onde foram encontrados onze pacotes, com aproximadamente 1,25 kg de drogas, enquanto a outra mulher, de 19 anos, escondia outros três pacotes, com 760 gramas de entorpecentes.

Segundo a polícia, foi constado que as mulheres não tinham solicitado as Carteiras Individuais de Visitantes (CIV), emitidas pela Sesp, já que os protocolos de entrada para a confecção dos documentos não foram identificados no sistema, o que apontou que as identidades eram falsas. Além disso, os dispositivos de segurança não eram compatíveis com nenhum código utilizado nos documentos oficiais.

As duas mulheres foram encaminhadas para a delegacia de Polícia Civil e devem responder por tráfico de drogas, com punição maior por se tratar de estabelecimento prisional.

Já as outras 18 detidas responderão por uso de documento falso.]

Mulheres levaram as drogas dentro de uma barriga falsa — Foto: Polícia Civil

Mulheres levaram as drogas dentro de uma barriga falsa — Foto: Polícia Civil

Via | G1   Fotos | PJCMT
Print Friendly, PDF & Email
(Visited 1 times, 1 visits today)