A nutricionista recomenta deixar a garrafinha com água ao alcance da criança
É comum crianças que não têm o hábito de beber água. Segundo Irani Gomes dos Santos Souza, nutricionista e coordenadora do curso de Nutrição da Faculdade Santa Marcelina, crianças podem ter resistência para ingestão de água devido à falta de hábito familiar. “Esse hábito precisa ser constituído desde a infância. Um jeito de estimular, por exemplo, é deixando o (squeeze) garrafinha com água de fácil acesso para que a criança não precise ficar pedindo para um adulto ou dependendo de alguém para dar água para ela”, explica. Confira as dicas da nutricionista de como introduzir água na rotina das crianças. Introduzir suco de frutas cedo demais atrapalha o interesse da criança pela água? A introdução de suco de frutas precoce traz outros maléficos como sobrecarga de frutose (açúcar presente nas frutas). Na introdução complementar que acontece, a partir dos 6 meses, é o momento que também inicia a oferta de água para a criança (ou conforme recomendação do pediatra). Cabe ao cuidador da criança ofertar pequenos goles no decorrer do dia, trazendo o hábito da ingestão hídrica. O que podemos fazer para incentivar a crianças?
  • Deixar a garrafinha de água sempre a vista para que a criança tenha acesso sozinha.
  • Ensine a criança a sempre beber água após urinar. Pois logo sentirá vontade de urinar e terá que beber água novamente. A frequência do xixi irá diminuir com a adaptação do corpo a essa ingestão hídrica e a criança então já terá o hábito de beber água frequentemente.
  • Atividades lúdicas também são válidas estimulando a ingestão de água, principalmente no calor.
  • Levar a garrafinha de água quando for ao parquinho também é fundamental.
  • Levar um squeeze (garrafinha) para a escola.
  • Estimular uma meta para a criança e toda a família para consumo diário conforme a recomendação de água por dia.
Tem como substituir a água? Alguma ideia de um “truque” para isso? Água saborizada é bem-vinda sempre. A criança pode montar a garrafinha dela colocando frutas, especiarias e ervas como por exemplo: Rodelas de maçã, cravo e canela (em pau); Rodelas de laranja com cravo; Rodelas de abacaxi com folhas hortelã; Rodelas de limão com capim cidreira; Rodelas de limão com folhas de manjericão; Rodelas de limão com hortelã; Fatias de morango, framboesa e amora; Fatias de morango e cereja, com um pouco de suco de limão; Fatias de morango com rodelas de laranja; Melancia picada com folhas de hortelã; Rodelas de Kiwi e fatias de limão. Para dar um melhor sabor coloque as combinações e deixe a água por pelo menos 2 horas na geladeira. Quando a água da garrafa acabar poderá ser reposta e continuar bebendo no decorrer do dia. As frutas e as ervas devem ser usadas um dia apenas, e se no final do dia a criança quiser comê-las para não desperdiçar, pode também. Qual é a quantidade necessária de água que uma criança precisa ingerir por dia? A Sociedade Brasileira de Pediatria estabelece que: 7 a 12 meses a ingestão deve ser de 800 ml. 1 a 3 anos 1,3litros. 4 a 8 anos 1,7litros. 9 a 13 anos 2,4 litros. A recomendação abaixo dos 7 meses deve seguir a recomendação do Pediatra, porém é importante reforçar que o Leite Materno é a principal fonte hídrica para a criança. E no caso de fórmulas infantis, estas também são diluídas em água. Quais são os prejuízos na saúde da criança caso não ocorra a ingestão de água? Os principais prejuízos são: infecção urinária, prejuízo no desempenho escolar, dores de cabeça, cansaço e desidratação.
Sobre a Faculdade Santa Marcelina    Faculdade Santa Marcelina é uma instituição mantida pela Associação Santa Marcelina – ASM, fundada em 1º de janeiro de 1915 como entidade filantrópica. Desde o início, os princípios de orientação, formação e educação da juventude foram os alicerces do trabalho das Irmãs Marcelinas. Em São Paulo, as unidades de ensino superior iniciaram seus trabalhos nos bairros de Perdizes, em 1929, e Itaquera, em 1999. Para os estudantes é oferecida toda a infraestrutura necessária para o desenvolvimento intelectual e social, formando profissionais em cursos de Graduação e Pós-Graduação (Lato Sensu). Na unidade Perdizes os cursos oferecidos são: Música, Licenciatura em Música, Artes Visuais, Licenciatura em Artes Plásticas e Moda. Já na unidade Itaquera são oferecidas graduações em Administração, Ciências Contábeis, Enfermagem, Fisioterapia, Psicologia, Medicina, Nutrição, Tecnologia em Radiologia e Tecnologia em Estética e Cosmética.
Via | Assessoria   Foto | Freepik
(Visited 1 times, 1 visits today)