Um dos principais nomes do PSD na disputa por uma cadeira na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, o ex-secretário adjunto da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) Stéfano do Carmo foi um dos candidatos que defendeu o apoio do partido à reeleição do governador Mauro Mendes (UB). Apesar do posicionamento do ex-secretário, o PSD definiu em liberar seus filiados na disputa pela majoritária. Liderança da Região Araguaia, Stéfano disse que respeita a decisão do partido, mas por uma questão de afinidade ideológica e de lealdade vou apoiar Mauro Mendes. “Respeito a decisão da maioria, mas meu posicionamento com relação ao governador sempre foi muito claro. Eu apoio à reeleição Mauro Mendes, que fez muito por Mato Grosso, principalmente pela região que eu represento”, afirma o candidato. Com relação ao Senado, Carmo confirma que vai apoiar o senador Wellington Fagundes (PL), que tem como primeiro suplente o ex-secretário chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho (UB). “Tenho gratidão pelo governador e pelo ex-secretário Mauro Carvalho. Eles confiaram no meu trabalho e me oportunizaram a desenvolver um relevante trabalho à frente da Seciteci. Na Assembleia, se eleito eu for, quero ajudar ainda mais o governo estadual a continuar desenvolvendo e transformando a vida dos cidadãos mato-grossenses”, ressalta o ex-secretário, que é jornalista e pedagogo. Com perfil mais de direita e apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL), Stéfano atuou por quatro anos como diretor da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Fema) da Região Araguaia, no governo Dante de Oliveira. Também foi assessor do ex-senador Antero Paes de Barros, no Senado Federal, além de chefe da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), em Barra do Garças, e secretário-adjunto da Seciteci por três anos e meio.
Via | Assessoria   Foto | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)