Evento reuniu cerca de 600 pessoas na Bahia, para analisar cenário da cotonicultura

O presidente da Associação Mato-Grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Paulo Sérgio Aguiar, e demais diretores e associados, participaram entre os dias 23 e 26 de junho, da 19ª edição da “Anea Cotton Dinner and Golf Tournament”. O evento, que foi realizado na ilha de Comandatuba, na Bahia, foi promovido pela Associação Nacional dos Exportadores de Algodão (Anea) e reuniu os maiores players do mercado de algodão brasileiro.

Durante os quatro dias de evento, as cerca de 600 pessoas que participaram do encontro discutiram sobre a situação atual da cultura no mercado internacional. De acordo com o presidente da Ampa, os panoramas de consumo do algodão, gargalos do setor e números de exportação constaram entre as pautas discutidas e analisadas pelos envolvidos na cadeia produtiva.

Produtores de algodão, corretores, bancários, traders, vendedores de maquinários e fornecedores de insumos agrícolas participaram do encontro. “Discutimos como está o consumo nacional, as exportações e os gargalos que o setor da cotonicultura brasileira está enfrentando. Essa proximidade com os diversos entes envolvidos é importante para entendermos como um todo o atual panorama”, ponderou Aguiar.

Entre as pautas analisadas, o mercado internacional ganhou destaque. O assunto foi pautado pela Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Algodão que, além de defender o setor, se dispõem a ouvir, analisar e negociar propostas que permitam e estimulem o avanço. “Mato Grosso representa muito quando se fala em comercialização dessa cultura. E estar presente nesse espaço é importante”, disse o presidente da Ampa.

Ampa

A Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa) é uma entidade sem fins lucrativos, fundada com o propósito de congregar os produtores em torno de um mesmo objetivo: incentivar a produção de algodão de forma organizada. Para isso, vem difundindo a atividade algodoeira em Mato Grosso, orientando e defendendo os interesses dos seus associados.

Para estimular a produção de algodão, a Ampa utiliza como referência conceitos que promovem a qualidade, a produtividade e sustentabilidade das lavouras (nos pilares social, ambiental e econômico) e esse trabalho vem impulsionando a comercialização e promoção da pluma mato-grossense no mercado nacional e mundial.

Via | Assessoria   Foto | Ampa
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta