Disposição, sono reparador, bom humor, concentração… Essas e outras condições que melhoram nossa qualidade de vida estão diretamente ligadas aos níveis de um importante neurotransmissor: a serotonina.

O desequilíbrio da serotonina é associado a doenças, como depressão e ansiedade. Antes mesmo de desenvolver esses transtornos, o corpo e a mente já dão sinais de que algo não vai bem

Falta de disposição, cansaço persistente e mau humorFalta de energia, acompanhada de mau humor e impaciência, principalmente durante a manhã, são indicativos de que você pode estar produzindo menos serotonina do que o normal

Falta de disposição, cansaço persistente e mau humor

Falta de energia, acompanhada de mau humor e impaciência, principalmente durante a manhã, são indicativos de que você pode estar produzindo menos serotonina do que o normal

Aumento do estresse e da sensação de estar preocupadoSentir-se mais irritado, com problemas de concentração e lapsos de memória também podem ser indícios de alteração nos níveis de serotonina

Aumento do estresse e da sensação de estar preocupado

Sentir-se mais irritado, com problemas de concentração e lapsos de memória também podem ser indícios de alteração nos níveis de serotonina

Alterações no apetite

A vontade incessante de comer carboidratos, especialmente doces, deve ser vista como um sinal de alerta. Esses desejos costumam surgir nos momentos do dia de mais ansiedade ou tristeza. Os doces são uma fonte de reposição de serotonina, mas que se esgota muito rapidamente, podendo levar ao aumento de peso e outras consequências associadas ao excesso de açúcar

Mudanças no padrão de sonoComeçar a ter insônia ou sentir sono durante o dia são problemas que devem ser vistos com atenção, pois também podem estar relacionados à alterações nos níveis de serotonina 

Mudanças no padrão de sono

Começar a ter insônia ou sentir sono durante o dia são problemas que devem ser vistos com atenção, pois também podem estar relacionados à alterações nos níveis de serotonina

Queda da libidoA serotonina também é responsável por regular o desejo sexual, que é afetado quando há redução desse neurotransmissor

Queda da libido

A serotonina também é responsável por regular o desejo sexual, que é afetado quando há redução desse neurotransmissor

O que fazer?Pequenas mudanças de hábitos podem reverter alguma desregulação da serotonina. Todavia, é importante consultar um médico caso os sintomas descritos acima persistam por mais de um mês

O que fazer?

Pequenas mudanças de hábitos podem reverter alguma desregulação da serotonina. Todavia, é importante consultar um médico caso os sintomas descritos acima persistam por mais de um mês

Atividades físicasExercícios físicos praticados de forma regular fazem nosso corpo liberar triptofano, um aminoácido que nosso cérebro usa na produção da serotonina 

Atividades físicas

Exercícios físicos praticados de forma regular fazem nosso corpo liberar triptofano, um aminoácido que nosso cérebro usa na produção da serotonina

AlimentaçãoCerca de 95% da serotonina são produzidos no intestino. Por isso, alimentos ricos em triptofano são excelentes aliados. Alguns deles são: peixes gordos (salmão, atum, sardinha), ovos, peito de frango, soja cozida (edamame), leite, grãos e castanhas 

Alimentação

Cerca de 95% da serotonina são produzidos no intestino. Por isso, alimentos ricos em triptofano são excelentes aliados. Alguns deles são: peixes gordos (salmão, atum, sardinha), ovos, peito de frango, soja cozida (edamame), leite, grãos e castanhas

SolA exposição aos raios solares — preferencialmente nas primeiras horas do dia — também é descrita por especialistas como vantajosa na hora de elevar os níveis de serotonina

Sol

A exposição aos raios solares  preferencialmente nas primeiras horas do dia  também é descrita por especialistas como vantajosa na hora de elevar os níveis de serotonina

Via | R7   Fotos | Freepik
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta