Alimentação balanceada, proteção contra raios ultravioletas e check-ups periódicos ajudam a manter os olhos saudáveis

Com a flexibilização das medidas de isolamento junto com o avanço da vacinação, a população voltou a se preocupar com algumas doenças que antes eram deixadas de lado com o medo de contrair a COVID-19. As enfermidades relacionadas aos olhos são algumas delas e o acompanhamento com oftalmologista é fundamental para diagnóstico precoce de doenças que acometem a vista e o seu consequente tratamento.

Em entrevista, a oftalmologista Marcia Lucia da Silva Fagundes Marques, membro da Doctoralia, maior plataforma de agendamento online de consultas, fala da importância e dos principais cuidados com os olhos.

Quando devemos procurar um oftalmologista? Deve haver uma frequência de consultas?

Dra. Marcia: A princípio, a recomendação é que haja uma procura pelo médico especialista uma vez ao ano como uma forma de rotina. Muitas vezes o paciente não tem queixa sobre o grau ou desconforto nos olhos, mesmo assim pode ter problemas como o glaucoma, degeneração da mácula, tumores oculares, ou seja, doenças que inicialmente passam despercebidas. Por isso, o exame de rotina anual é recomendado mesmo para quem não tem queixa, pois uma boa visão não é sinônimo de uma boa saúde ocular.

Quais são os principais cuidados com os olhos?

Dra. Marcia: Além da procura anual ao oftalmologista e da realização do exame para definição do grau, alguns hábitos de higiene devem ser considerados: manter os olhos sempre lubrificados, ficar atentos a mudanças no padrão visual, evitar colocar as mãos nos olhos e, por fim, lavar sempre muito bem as mãos antes de manipular os olhos ou as lentes de contato porque o órgão é uma porta de entrada para vários microrganismos. No caso de crianças, é recomendável que o responsável não espere a idade escolar para procurar um médico para fazer um check-up.

Diabetes pode levar à cegueira?

Dra. Marcia: A diabetes é uma doença crônica em que o corpo produz pouca insulina no organismo ou não consegue administrar de forma eficiente. A consequência disso é uma alta concentração de glicose, que pode afetar os órgãos, nervos e vasos sanguíneos do corpo. Então os vasos sanguíneos dos olhos também podem ser prejudicados. Se a diabetes não for controlada, com o tempo pode ocasionar problemas como glaucomas, catarata e retinopatia.

O uso de maquiagem pode prejudicar a visão?

Dra. Marcia: A princípio não, desde que utilizada corretamente. Já os hábitos de dormir com maquiagem, emprestar e/ou utilizar ferramentas de terceiros, usar produtos vencidos e a falta de higiene com pincéis e outros utensílios podem prejudicar a visão. Essas práticas podem causar inflamações, alergias, inchaço da pálpebra, coceira, lacrimejamento, sensação de areia nos olhos, queimação, visão embaçada e até mesmo secreção ocular.

Usar óculos de sol realmente protege os olhos?

Dra. Marcia: A exposição direta e indiscriminada dos olhos ao sol pode acarretar alguns problemas, como cataratas e até mesmo alguns tipos de câncer. Então proteger os olhos dos raios ultravioletas é fundamental para ajudar a mantê-los saudáveis. Por isso, os óculos de sol, com lentes com filtros para raios UVA e UVB e opticamente adequados, são ferramentas importantes para o cuidado com os olhos.

Há um senso comum de que cenouras fazem bem à visão. É verdade que alimentos podem contribuir para a saúde dos olhos?

Dra. Marcia: Um alimento em específico, como a cenoura, não vai necessariamente fazer uma diferença notável na saúde dos olhos. No entanto, é lógico que uma alimentação saudável e adequada pode contribuir para a saúde do corpo em geral, incluindo os olhos. Há alguns alimentos, em especial, que fazem bem para a saúde dos olhos. É o caso de ovos, frutos secos e vegetais de folhas verde escuras que possuem antioxidantes que atuam a favor da parte central da retina. Fontes de vitamina A – abóbora, brócolis, espinafre, fígado, ovos e leite – auxiliam no combate à cegueira. Outra dica é o ômega 3, presente em peixes e oleaginosas, que melhora consideravelmente a secura nos olhos.

Sobre a Doctoralia

A Doctoralia é uma empresa do Grupo Docplanner, maior plataforma de saúde do mundo. Presente em 13 países, o grupo é responsável por atender 53 milhões de pacientes e processar mais de 7,5 milhões de agendamentos de consultas por mês, atualmente, possui mais de 2 milhões de profissionais de saúde em sua base, com um total de 10 milhões de avaliações de pacientes. A companhia foi fundada em 2012, na Polônia, e possui uma equipe de 2.200 funcionários nos escritórios de Varsóvia, Barcelona, Istambul, Roma, Bolonha, Cidade do México e Curitiba. Com a missão global de tornar a experiência em saúde mais humana, a Doctoralia atende a diferentes públicos ao oferecer uma gama diversificada de serviços: marketplace que permite agendamento e avaliação de consultas, softwares médicos para consultas virtuais, sistema SaaS (Software as a Service) voltado para otimização da gestão e do fluxo de pacientes e TuoTempo, um sistema de relacionamento com o paciente, ou CRM (Customer Relationship Management), que promove elevada experiência oferecida por instituições de saúde, como hospitais e redes de clínicas.

Para ampliar o alcance do serviço, a Doctoralia disponibiliza também o aplicativo móvel nas versões iOS e Android.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta