Há apenas alguns anos, se você quisesse um nariz “novo” (menor, mais reto ou mais liso) você poderia: fazer uma rinoplastia ou… era isso. Você não tinha outras opções. Contudo, com o surgimento dos preenchimentos injetáveis, novas alternativas de aplicação se tornaram opções capazes de transformar todo o seu perfil em menos de 15 minutos. É o caso da rinoplastia não cirúrgica, mais conhecida como rinomodelação.

O tratamento estético recentemente ganhou popularidade entre mulheres e homens por meio de fotos de antes e depois tão inacreditáveis que você poderia pensar que o procedimento no nariz, feito “na pausa do almoço”, é bom demais para ser verdade – uma fábula do Instagram. Não é. Ao utilizar produtos como, por exemplo, ácido hialurônico, frequentemente aplicado em preenchimento de lábios, é possível corrigir curvas, inchaços e protuberâncias, o que faz seu nariz parecer menor.

A demanda por esse tipo de procedimento cresceu muito desde o último ano – principalmente, com o aumento de reuniões e transmissões online, situações em que o rosto ganhou protagonismo na tela. No entanto, muitas pessoas ainda costumam questionar a efemeridade do resultado e questionam o motivo pelo qual alguém deve optar por ele tendo em vista que terá que repetir no futuro. Há ainda dúvidas se o procedimento é indicado para todas as pessoas.

Sim, as injeções duram de três meses a dois anos, dependendo do tipo que você escolher, antes de se dissolver lentamente. No entanto, com menos riscos e menos tempo de inatividade do que um procedimento cirúrgico. Vale ponderar que o candidato ideal para uma rinoplastia não cirúrgica é uma pessoa que tem uma saliência pronunciada na ponte do nariz. Ao preencher a área ao redor da saliência, é possível criar a ilusão de um nariz perfeitamente reto.

Também é indicada para corrigir uma ponta caída (o preenchimento ajudará a levantá-la) e corrigir um nariz levemente torto (o preenchimento ajustará qualquer ângulo agudo). Claro que a rinoplastia tradicional costuma ser recomendada em certos casos – como, por exemplo, quando uma pessoa quer tornar o nariz menor e ele é muito grande, se a protuberância for muito grande ou muito extrema ou, até mesmo, se o nariz foi quebrado.

Independentemente do caso, é importante consultar um profissional capacitado e experiente para avaliar a melhor abordagem. Afinal, o nariz é uma área particularmente delicada do rosto. Em geral, o procedimento completo de rinoplastia não cirúrgica demora de 10 a 15 minutos e apresenta resultados instantâneos e naturais. Utiliza-se uma agulha fina para introduzir o preenchedor, que será injetado nas áreas necessárias quase como um escultor. Por fim, modela-se um pouco.

O procedimento costuma ser relatado pelos pacientes como indolor. Mas, um creme tópico pode ser utilizado para anestesiar a área, sendo a ponta do nariz a área mais sensível. A recuperação é bem tranquila. Inclusive, a pessoa pode voltar imediatamente ao trabalho, apesar do nariz ter possibilidade de ficar um pouco vermelho ou levemente machucado por uma semana. No mais, pequenos cuidados posteriores – como não usar óculos de sol por um tempo: seu nariz agradecerá.

 Via | Karin Krause Boneti é médica dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e diretora clínica da Frémissant   

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta