A alimentação é parte muito importante para manter uma vida saudável em todos os seus aspectos, entretanto, alguns alimentos prejudicam a sua saúde bucal, por isso que o ideal é que não sejam ingeridos cotidianamente. Desta maneira, é importante conhecer quais são esses alimentos.

Ao saber dos alimentos que podem causar prejuízos à cavidade bucal como um todo, incluindo tratamentos como o implante dentario, é possível traçar uma nova forma de nutrição e uma nova relação com hábitos para a prevenção de doenças.

No presente artigo abordaremos alguns alimentos que podem causar danos a sua saúde bucal e dicas de como fazer a prevenção de doenças e complementar o cardápio.

Alimentos que podem causar danos a saúde bucal

De modo geral, a alimentação é costumeiramente não saudável, principalmente por conta da grande variedade de alimentos ultraprocessados disponíveis no mercado e a agitação cotidiana que favorece a ingestão de industrializados e fast food.

Com isso, o consumo de algumas substâncias pode ocorrer em excesso, como ocorre com os açúcares.

Assim, para evitar doenças diversas, é preciso conhecer quais alimentos evitar ou diminuir o consumo. Dentre os problemas bucais que podem surgir com uma dieta inadequada estão:

  • Cáries;
  • Sensibilidade;
  • Gengivite;
  • Tártaro.

Abaixo falaremos sobre alguns alimentos que devem ser evitados.

1.  Café e álcool

As bebidas alcoólicas, em sua totalidade, com atenção ao vinho tinto, possuem substâncias que prejudicam os tecidos bucais, como as bochechas e dentes. Além disso, ocorre a diminuição da saliva, que auxilia na remoção dos alimentos na boca.

Com a falta de saliva, a boca fica mais seca, gerando um ambiente propício para o desenvolvimento de bactérias, aumentando a possibilidade do aparecimento de cáries e inflamações.

Além disso, o consumo de café, do próprio vinho e outras bebidas com corantes podem manchar os dentes, também demandando cautela.

No caso de dentição já pigmentada, pode ser necessário realizar o clareamento dental com moldeira para recuperar o aspecto de higiene dental (que muitas vezes é associado ao branqueamento).

2.  Doces e refrigerantes

Esses dois alimentos são os preferidos de muitos adultos e crianças, entretanto, são extremamente prejudiciais para os dentes e as gengivas.

Isso porque eles são ricos em adoçantes e corantes, permitindo que bactérias transformem o açúcar presente em ácido, o que destrói os dentes e possibilita o surgimento das cáries.

3.  Alimentos ácidos

Alimentos como tomate e vinagre, ou ainda frutas como limão, maçã e laranja podem prejudicar os dentes quando consumidos em excesso, causando a erosão dental.

Por isso, recomenda-se que haja a diminuição do consumo desse tipo de produto.

4.  Produtos com alto teor de carboidratos

Alimentos comuns na mesa do brasileiro como batata, macarrão e arroz, contêm uma substância conhecida como amido que apresenta uma transformação química natural em açúcar.

Com isso, ao haverem resíduos ou estarem acumulados na cavidade oral, aumentam a probabilidade do desenvolvimento de bactérias e o surgimento das cáries.

Cabe ressaltar que muitos desses alimentos não devem ser retirados de forma abrupta do cardápio e o ideal é procurar por um médico para verificar as reais necessidades e recomendações.

Inclusive, na maioria dos casos, a diminuição do consumo desses alimentos já é suficiente para evitar doenças bucais.

Dicas e cuidados com a saúde bucal

Além da diminuição do consumo de alimentos que podem prejudicar os dentes de variadas formas, é possível que por meio de tratamentos dentais (inclusive os estéticos, como o aparelho dental transparente) e cuidados básicos, a saúde bucal seja garantida.

Neste tópico falaremos sobre dicas de como manter os dentes higienizados, além de prevenir a formação de placa bacteriana, cárie, gengivite e da periodontite, bem como evitar a halitose.

Confira abaixo:

1.   Faça uma boa escovação

Grande parte das doenças bucais se originam por conta de uma deficitária higiene bucal.

Os restos de alimentos ficam nos dentes, língua e gengiva, podendo desenvolver bactérias que causam várias doenças.

Ou seja, fazer a limpeza correta é fundamental. É sempre importante escovar os dentes após as refeições principais, com uma escova de cerdas macias e creme dental com flúor.

2.   Fio dental

Antes e após a escovação é muito importante fazer o uso do fio dental.

Segundo um estudo de 2014 do Conselho Federal de Odontologia (CFO), somente 57% dos brasileiros têm o hábito de usar fio dental.

A ausência do fio dental pode significar a continuação de determinadas sujeiras que não são limpas pela escovação. Dessa forma, para uma limpeza eficiente, segura e adequada, é obrigatório a inclusão do fio nos hábitos diários.

3.   Alimentação saudável

Por fim, para uma boca sadia (como pode ser percebido no decorrer do texto) é preciso ter uma alimentação saudável.

Evitar ou diminuir o consumo dos alimentos tratados neste texto e investir naqueles que possuam substâncias que fortaleçam os dentes, como o cálcio presente no leite e queijos magros, se mostra crucial.

Com todas essas informações é possível desenvolver uma prevenção ativa das mais variadas doenças bucais, permitindo que as pessoas possam realizar procedimentos estéticos como a colocação de lente nos dentes sem qualquer problema, ampliando ainda mais a saúde geral e o bem-estar.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Vue Odonto, uma rede especializada em atendimento odontológico com enfoque na humanização.

Via | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *