Já são mais de 200 dias que Mato Grosso vive a pandemia da Covid-19. São mais de 136 mil casos.

A pandemia do novo coronavírus completa hoje sete meses e deixa uma marca difícil de esquecer: são mais de 3.700 mortos em Mato Grosso.

Mesmo depois de todo esse tempo em que vivemos uma rotina de medo, perdas, sofrimento em busca de assistência médica e muitas incertezas, o perigo ainda existe.

Para evitar o risco da segunda onda da Covid-19, é importante manter as medidas de prevenção.

Já são mais de 200 dias que Mato Grosso vive a pandemia da Covid-19. São mais de 136 mil casos.

Durante a maior crise sanitária do estado milhares foram os recuperados e que venceram a doença, mas que ainda sentem sequelas causados pelo novo coronavírus.

Enquanto ainda não há uma vacina contra o coronavírus, as medidas de prevenção continuam sendo o melhor remédio: higienização da mãos, uso de máscara e o distanciamento social são as principais recomendações dos especialistas e da ciência para evitar a contaminação e o avanço da Covid-19 no estado.

Mesmo com as orientações e alertas feitos pelas autoridades sanitárias, a saúde no estado entrou em colapso no final de julho e começo de agosto. Hospitais cheios, UTIs super lotadas e desrespeito com o próximo com as festas clandestinas, aglomerações de pessoas e o descumprimentos dos decretos municipais e estadual.

Com a estabilização no número de casos, as prefeituras começaram a sair da quarentena aos poucos autorizando a retomada das atividades comerciais.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *