Gestão de José Carlos do Pátio (SD) garante direitos dos professores com pagamento anual de RGA, cursos de capacitação e melhoria das condições com reforma de escolas

O pagamento da RGA (Revisão Geral Anual) todos os anos, salário em dia, cursos de qualificação para os docentes são algumas das ações da prefeitura de Rondonópolis na valorização do professional da educação. Além disso, o município investiu na reforma das escolas, climatizando as  unidades, o que tornou o ambiente agradável para professores e alunos. No dia em que se comemora do Dia do Professor (15 de outubro), o prefeito José Carlos do Pátio (SD) destacou que os direitos da categoria estão preservados em sua gestão. Para ele, o profissional representa cidadania e o futuro da cidade.

“Como prefeito estou procurando respeitar seus direitos, o direito da reposição salarial, o direito de pagar em dia seus salários, o direito de pagar o Serv Saúde em dia e o Instituto de Previdência. Quero aqui dizer do nosso compromisso, do fortalecimento da classe dos professores, porque professor é o futuro, professor é a perspectiva de um País melhor, de uma cidade melhor, parabéns professor”, disse o prefeito.

A primeira dama do município, dona Neuma, que é professora, também se manifestou. “Quero parabenizar a todos, dizer que nós somos importantes pra esse momento, parabenizar nossa rede, o professor da rede pública de ensino e da rede particular. Dizer que vocês são uns guerreiros, por estarem transformando a nossa sociedade. Toda a transformação da sociedade passa pela educação”, afirmou dona Neuma. A primeira-dama também parabenizou seu marido, o prefeito Zé do Pátio, que é professor licenciado da Unemat. “Por estar nesta luta, vivenciando este momento de ter a oportunidade de fazer algo por você [professor], pelas nossas crianças e pela nossa sociedade. Parabéns Zé Carlos, parabéns servidor público, parabéns professor”.

QUALIFICAÇÃO

Atualmente o município possui 67 unidades. São 58 escolas na zona urbana e 9 na zona rural. Do total, 36 escolas são de ensino fundamental e 31 de educação infantil.

Atualmente, fazem parte da rede municipal 1.328 professores distribuídos em 67 unidades (58 escolas na zona urbana e 9 na zona rural). Do total, 36 escolas são de Ensino Fundamental e 31 de Educação Infantil. Para melhorar a formação, a Secretaria Municipal de Educação ao longo destes últimos quatro anos a atual gestão vem investindo na qualificação de seus profissionais. Somente este ano, foram investidos R$ 290.629,51 na qualificação de 260 professores em capacitação de 250 horas na Universidade Federal de Rondonópolis (UFR).

Na gestão do prefeito José Carlos do Pátio foram reformadas 32 escolas com investimento de R$ 15.596.647,09. Além disso, está em andamento a reforma de mais 13 unidades escolares nas quais estão sendo investidos mais R$ 9.811.843,53. A Secretaria de Educação também está investindo mais R$ 7.724.475,03 na construção de mais cinco escolas de Ensino Fundamental nos bairros Celina Bezerra, Alfredo de Castro, Dona Neuma, Vila Goulart e Dom Osório.

A educação infantil também mereceu atenção especial do prefeito. A meta é universalizar a educação infantil. Com valor total de R$ 33.689.353,89 está em andamento a construção de 15 creches nos bairros Vila Operária, Celina Bezerra, região Salmen, Cidade de Deus, jardim Bela Vista, Hortência, padre Rodolfo, Dom Bosco, Jardim Itapuã, Centro A, Alfredo de Castro, magnólia, Bispo Casaldáliga, Mathias Neves e Padre Miguel

“Na minha antiga gestão, eu construí 16 creches na cidade. Nesta, estou construindo mais 22 creches, escolas de educação infantil. Desde quando nasce, a criança precisa ter a presença do Estado. Estado eu digo que é a prefeitura, o Governo Estadual e a União. Porque você precisa estar preparando de forma contínua e progressiva a alfabetização dela desde bem pequenininha. Com isso, você coloca a criança no ensino fundamental preparada, pois se não estiver preparada, ela vai ser segregada seja pelos próprios professores ou pelos próprios coleguinhas. E você tem que preparar esta criança para isso”, ressaltou o prefeito.

IDEB

Os reflexos dos investimentos na área da educação se refletiram nos números do ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) divulgados em setembro pelo inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). Os dados mostraram que as escolas municipais avançaram em suas metas tanto nas séries iniciais do Ensino Fundamental, como nas séries finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio.
Segundo os números, em 2005 o município tinha 4.2 de Ideb nas 4ª e 5ª série do Ensino Fundamental, 5.1 em 2011, 5.5 em 2015, e chegou a 5.8 em 2019, último ano avaliado pelo Inep. Duas escolas municipais aparecem na primeira colocação com Ideb de 6.4: a Escola Municipal José Antônio da Silva (Vila Operária) e a Escola Municipal Alcides Pereira dos Santos (Jardim do Sol). Na segunda colocação aparecem as escolas CPAC São José (Conjunto São José) e Escola Arão Gomes Bezerra (Jardim Itapuã) com 6.3. Na terceira colocação ficou a Escola Municipal São Domingos Sávio (Vila Naboreiro) com 6.2 do Ideb.

Já nas séries finais do Ensino Fundamental, 8ª e 9ª anos, passou de 3.4 em 2005 para 4.4 em 2011, para 4.7 em 2015 e chegou a 4.9 em 2019. O primeiro lugar ficou com a Escola Municipal Arão Gomes Bezerra, com 5.3; em segundo lugar a Escola São Domingos Sávio com 5.2; e, em terceiro, aparece a Escola Municipal Bonifácio Sachetti (Parque São Jorge) com 4.8 do Ideb.

Fonte | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *