O número de óbitos pela Covid-19 vem diminuindo no Brasil nas últimas três semanas, mas, segundo o Ministério da Saúde, é preciso observar o comportamento da doença nos próximos dias para ver se esta tendência se confirma.

“Desde a semana trigésima que esse número vem diminuindo progressivamente. A gente precisa ver o comportamento da doença nas próximas duas, três semanas para falarmos que efetivamente estamos em uma queda significativa”, disse Arnaldo Medeiros, secretário de Vigilância em Saúde.

Dados revelam que da trigésima segunda para a trigésima terceira semana, houve uma redução de 2% no número de óbitos pela doença. No que se refere à média diária de óbitos, na 31ª semana, o Brasil registrou 1.016 mortes por dia, na 32ª, foram 988, e na 33ª semana, 965 óbitos. “É importante ressaltar que já há duas semanas epidemiológicas tivemos uma média de óbitos inferior a mil óbitos por semana”, disse o secretário.

Os últimos dados do Ministério da Saúde revelam que o Brasil registrou mais de 2,6 milhões (2.653.407) de pessoas recuperadas. O número é superior à quantidade de casos ativos, ou seja, ao número de pessoas que estão em acompanhamento médico. O registro de pessoas curadas já representa mais da metade do total de casos acumulados (cerca de 75%).

“O Brasil é o país com o maior número de recuperados no mundo. E, a cada semana, a gente gosta de reforçar e agradecer e reconhecer o papel dos profissionais de saúde, porque esse número de recuperados reflete o esforço do nosso Sistema Único de Saúde, do nosso SUS, do profissional da saúde que está na linha de frente trabalhando para garantir vida aos pacientes que adoecem com Covid-19”, afirmou o secretário.

O secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, ressaltou as medidas de prevenção para evitar a doença, como o uso de máscaras, álcool 70%, além do distanciamento. E reforçou a importância de se buscar ajuda médica diante de qualquer sintoma apresentado da doença.

“No surgimento de qualquer sintoma, procure o seu médico. Vá à atenção básica. Vá no seu médico suplementar. Procure o seu médico”, disse Arnaldo Medeiros.

Insumos entregues

Até o momento, o Ministério da Saúde já repassou para estados e municípios 10.328 ventiladores pulmonares. O Governo Federal também habilitou 12.005 leitos de UTI exclusivos para atender pacientes de Covid-19 em todo o país, com um investimento de R$ 1,7 bilhão. Também foram distribuídos 241,3 milhões de unidades de Equipamentos de Proteção Individual e 20 milhões de unidades de medicamentos para todo o país.

Fonte | Ministério da Saúde

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *