O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (24) que vai ampliar a possibilidade de realizar teste molecular (RT-PCR) do novo coronavírus para todos os pacientes que possuam síndrome gripal. Atualmente, esse tipo de teste é realizado em pacientes internados.

“A gente está expandindo essa testagem para as unidades sentinelas para coletarmos 100% dos pacientes com síndrome gripal. Junto à Atenção Básica, nos Centros de Atendimento coletarmos 100% dos pacientes com síndrome gripal”, informou o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correia de Medeiros. Além disso, podem ser testados os profissionais de saúde e segurança pública que apresentem ou não sintomas.

“Dessa forma, a gente consegue expandir, ter uma testagem ampliada para pegarmos esses casos que chamamos mais leves, na fase ainda de Síndrome Gripal”, completou. A síndrome gripal é caracterizada quando a pessoa tem pelo menos dois dos seguintes sintomas: febre, calafrios, dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza, distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos.

A meta do Ministério da Saúde é testar 46,5 milhões de pessoas (22% da população total do país) para a Covid-19. Desse total, 24,5 milhões, vão realizar o teste na modalidade RT-PCR, o chamado teste molecular. Outras 22 milhões de pessoas, serão testadas por meio do teste sorológico. É o Programa Diagnosticar para Cuidar.

“O Confirma Covid, que é o teste molecular, e o Testa Brasil, que é o teste sorológico, consiste, no entanto, numa estratégia nacional de vigilância epidemiológica e laboratorial para a Covid-19”, disse o secretário.  Segundo ele, o objetivo do governo é levar cada vez mais os testes para o interior do país.

“Na perspectiva que nas últimas semanas, a gente via que a doença caminhava para o interior. Existe uma população que está no interior dos municípios que precisa ser assistida e diagnosticada nessa fase que temos ainda um quantitativo relativamente pequeno no número de casos e portanto, a gente pode cuidar fazendo esse diagnóstico. Nosso esforço está para oferecer esses exames para os municípios”, afirmou.

A testagem é dividida em duas linhas de atuação: a molecular, chamado “Confirma Covid” e testes rápido chamado de “Testa Brasil”

Confirma Covid

O teste molecular (RT-PCR) é recomendado até o oitavo dia de início dos sintomas da doença.  A expectativa do Ministério da Saúde é testar 24,5 milhões pessoas (12% população).

Testa Brasil

O teste sorológico, conhecido como teste rápido, informa se o corpo teve contato com o vírus e desenvolveu proteção contra ele. A recomendação é fazer a partir do 8º dia dos sintomas.

São 10 milhões de testes rápidos. A novidade é o processo de licitação para 12 milhões de testes rápidos pelo Elisa. “Ele [o teste] tem muito mais sensibilidade, tem muito mais rastreabilidade, e do ponto de vista epidemiológico, ele se torna muito mais relevante”, disse o secretário.

A expectativa de testagem do Ministério da Saúde é testar 22 milhões de pessoas (10% população).

Balanço

O Ministério da Saúde divulgou que já foram entregues, até o momento, 4.857 ventiladores pulmonares em todo o país. Os estados que mais receberam os aparelhos foram Rio de Janeiro (737), São Paulo (653) e Pará (394).

O Ministério da Saúde também já entregou, 4.374 unidades de cloroquina, medicamento utilizado no tratamento do novo coronavírus. Desde janeiro, o total de recursos repassados pelo Governo Federal à saúde a estados e municípios foi de R$ 49,5 bilhões. Desse total, R$ 9,6 bilhões foi para o enfrentamento do novo coronavírus.

Fonte | Ministério da Saúde

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *