O empresário Ronaldo Rosa, que é acusado de ser o mandante do assassinato da enfermeira Zuilda Correia Rodrigues, 43 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira (11), no município de Sinop (500 km de Cuiabá). Ele estava foragido desde o último dia (8) quando o corpo da mulher foi encontrado em uma região de mata, próxima ao município.

Segundo informações preliminares, o acusado foi pego na cidade onde o crime aconteceu e foi preso por policiais civis.

Há ainda várias controvérsias sobre o que de fato teria motivado este crime. Uma das hipóteses é de que o casal tinha brigas constantes. Outra é de que ele tinha a intenção de dar um “susto” na esposa. Ronaldo queria se separar de Zuilda, mas não estava disposto a dividir os bens com ela.

Ronaldo que já estava com a prisão preventiva decretada agora seguirá para a audiência de custódia e logo após encaminhado ao presídio.

Relembre o caso

A enfermeira despareceu no dia 27 de setembro, a data em que provavelmente foi assassinada. Logo após o início das investigações,  duas pessoas foram apontadas como envolvidas no crime. O mandante que seria seu marido e um policial militar afastado que a executou.

Após investigações da polícia, o rapaz que teria sido ‘contratado’ para fazer o serviço apontou onde o cadáver estava. Na sequência, o marido da vítima sumiu e foi apontado como o mandante do crime.

Agora com a prisão do mandante e do executor, as investigações devem chegar a motivação do assassinato.

Fonte | Só Notícias

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *