Família acionou a polícia e o homem foi preso ao lado da esposa em frente a um supermercado em Campo Grande.

Uma adolescente de 17 anos foi estuprada em uma estrada vicinal do bairro Jardim Anache, em Campo Grande, de acordo com a polícia. O suspeito, de aproximadamente 25 anos, foi preso nesse sábado (18), em frente a um supermercado no bairro Nova Lima, região norte da cidade. Câmeras de segurança registraram a passagem do veículo no horário em que a jovem afirmou ser abordada.

Câmeras de segurança registraram a passagem do veículo do suspeito de estuprar jovem em MS (Foto: Arquivo pessoal )

Câmeras de segurança registraram a passagem do veículo do suspeito de estuprar jovem em MS (Foto: Arquivo pessoal )

Conforme a mãe da menina, o crime ocorreu quando ela estava a caminho do trabalho. “Ela é menor aprendiz e saiu bem cedo, por volta das 5h40 (de MS), para pegar ônibus. O homem a viu, retornou e mostrou uma arma, ordenando a ela para entrar no carro. Minha filha fala que chegou a implorar, mas ele a ameaçou de morte e mandou entrar”, comentou a mãe, uma empresária de 36 anos.

Após cometer o abuso, a menina contou que o suspeito acendeu um cigarro e, novamente, a mandou entrar no carro. “Ele a deixou a 3 quadras de casa e disse pra ela ir trabalhar. Minha filha chegou aqui correndo, chorando e contando o que tinha acontecido. Eu sem entender, sem reação, mandei ela tomar banho”, disse a mãe. A família, então, seguiu para o posto policial do bairro:

“Imediatamente os policiais mandaram ela para o hospital, onde recebeu um coquetel de medicamentos. Lá mesmo, eles pegaram informações com ela e avisaram todos os policiais de plantão. O que nos chamou atenção é que ela falou um modelo de carro diferente, que não é comum e por isso começamos a fazer o percuso que ela falou”, explicou a mãe.

O próximo caminho foi o Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol), onde foram feitos exames e também foi recolhida a roupa da adolescente. “Depois fizemos o boletim de ocorrência na Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e o Adolescente). Meus familiares passaram o dia ontem, no dia do meu aniversário, buscando imagens e viram o momento em que ele vinha e ia embora, porém não estavam boas e não dava para pegar a placa”, ressaltou.

O tio da vítima e a sobrinha então convidaram a adolescente para um passeio. “Eles queriam distraí-la, mas Deus ajudou e eles acabaram avistando o carro do suspeito. Ele é casado, estava com a esposa indo ao mercado. Ela desceu e ele ficou dentro do veículo, quando a polícia foi alertada e foi feito o flagrante. Ele pedia para a esposa retirar as coisas do carro, ela não entendia nada e só dizia que o marido era trabalhador”, disse.

Mais tarde, já na delegacia, a polícia encontrou o maço de cigarros informado pela menina, além de um papel de bala que ela relatou ver o homem consumir, e fios de cabelo da vítima. “Ele foi preso e eu acredito que este homem tenha feito outras vítimas no bairro. Ele voltou em casa no dia, trocou o carro pela moto e foi trabalhar normalmente, achando que ia ficar impune. Minha filha está mais calma, mas é um trauma horrível”, finalizou.

O suspeito permanece preso em uma cela da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam). Nesta segunda (20), ele deve passar por audiência de custódia. O crime de estupro é hediondo e a pena pode chegar a 20 anos de reclusão.

Fonte | G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *