A Vara de Execução Penal de Cuiabá expediu mandado de prisão contra o ex-deputado estadual, Coronel Pery Taborelli. O mandado, de nº 561.858 foi expedido com destino à Polinter no dia 10 deste mês.

A decisão foi tomada no dia 31 de outubro, em razão de o coronel, já aposentado, não comparecer à audiência. Ele não foi encontrado pelo oficial de justiça para ser intimado a comparecer à audiência.

Ao cumprir o mandado, a Polinter deverá, antes de levar o coronel a alguma unidade prisional, apresenta-lo ao juízo do Núcleo de Ações Penais ou ao Núcleo de Custódia da Capital.

O caso

Taborelly foi alvo de uma ação por sua conduta enquanto coronel da Polícia Militar. Ele foi acusado – e condenado em regime semiaberto – por abuso de autoridade e apreensão ilegal de menores.

Ele havia sido condenado a 4 anos e 2 meses prisão, mas, ao recorrer da decisão, conseguiu redução da pena para 2 anos e 4 meses em regime semiaberto, além de multa de R$ 30 mil.

Outro lado

O blog tentou contato com o ex-deputado e coronel aposentado Pery Taborelli, porém a ligação não foi atendida e, até o fechamento desta matéria, não houve retorno.

Já a ligação feita à defesa do militar, advogado Marcelo Coelho, foi encaminhada para a caixa de mensagem.

Fonte | Isso é Notícia

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta