Sindicatos igualam Mauro a Taques e vê “plantação de crise” em MT

Servidores lembram que Silval pagou em dia e repôs salários apesar de “parafernália” O presidente do Sindicado dos Servidores da Saúde (Sisma), Oscalino Alves, aponta que o governador Mauro Mendes (DEM) está cometendo o mesmo erro do ex-governador Pedro Taques (PSDB) e acaba “montando palanque” para o Fórum Sindical. Segundo…Ler mais→

Mendes não descarta acionar a Justiça em caso de greve geral

Governador diz que houve diálogo com servidores, mas voltou a defender medidas para equilibrar o Estado O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que não descarta a possibilidade de entrar na Justiça, caso os servidores públicos do Estado iniciem um movimento grevista nas próximas semanas. Os servidores públicos se manifestaram contrários…Ler mais→

À Globo News, Mauro afirma que durante campanha e transição não teve dimensão real da crise em MT

O governador Mauro Mendes (DEM) disse, em entrevista ao canal Globo News, nesta terça-feira (22), que durante a campanha e transição não teve a real dimensão da crise em Mato Grosso. O democrata ainda aproveitou para destacar as medidas que tem tomado para tentar enxugar a máquina pública, já que…Ler mais→

Fórum acusa Mauro de usar “mesmas táticas” de Taques e culpar servidores por crise

Servidores estão revoltados com escalonamento dos salários de dezembro e parcelamento do 13º O Fórum Sindical – organização que agrega grande parte das classes de servidores públicos do Poder Executivo de Mato Grosso -, distribuiu uma nota dura neste sábado (5) contra o atraso no pagamento dos salários do funcionalismo….Ler mais→

Mauro deve acabar com sete empresas públicas a partir de janeiro

Segundo o governador eleito, o futuro dos órgãos será analisado pela equipe de transição. O governador eleito Mauro Mendes (DEM) anunciou que deve fundir, incorporar ou extinguir cerca de sete órgãos ou empresa públicas do Estado com objetivo de enxugar os gastos dos cofres públicos no início de sua gestão….Ler mais→

Servidores públicos voltarão a trabalhar 8 horas por dia, afirma Mauro Mendes

Governador eleito afirma que medida trará maior produtividade e eficiência na prestação de serviços O governador eleito Mauro Mendes (DEM) anunciou que a partir de 2019, a carga de trabalho dos servidores públicos do Estado de Mato Grosso voltará a ser de oito horas diárias, e não mais seis horas,…Ler mais→

Mendes anuncia a extinção de 9 secretarias e corte de 3 mil cargos

Governador eleito defende que não há espaço para gastos desnecessários em período de crise O governador eleito Mauro Mendes (DEM) anunciou o corte de nove das 24 secretarias do Estado de Mato Grosso, a partir de sua posse, em 2019. A nova estrutura administrativa contará com um total de 15…Ler mais→

Mauro Mendes articula investimentos de R$ 169 milhões na saúde

Governador eleito firmou acordo com deputados e senadores e prega união em 4 anos Antes mesmo de tomar posse no Palácio Paiaguás, o governador eleito por Mato Grosso se deslocou até Brasília para, em atuação conjunta com a bancada federal, viabilizar emendas parlamentares que representarão investimentos de R$ 169 milhões…Ler mais→

Mauro quer nova postura contra criminalidade

O governador eleito Mauro Mendes (DEM) se mostra esperançoso com a gestão de Jair Bolsonaro (PSL), eleito presidente da república neste domingo (28). O democrata defende, principalmente, que o novo presidente adote uma postura mais contundente no que diz respeito a criminalidade. Para ele, é necessário trazer mais segurança para…Ler mais→

TRE barra propaganda em que Wellington acusa Mauro de ser sócio de Silval

Candidata com mensagem semelhante de Taques já havia sido barrada O juiz auxiliar de propaganda do Tribunal Regional Eleitoral, Mário Roberto Kono de Oliveira, acatou parcialmente o pedido de Mauro Mendes (DEM) e proibiu Wellington Fagundes (PR) de continuar veiculando propaganda onde afirma que o democrata manteve sociedade com o…Ler mais→