Dentre diversos projetos, dois elaborados pela Prefeitura de Rondonópolis foram selecionados e contemplados no Programa de Eficiência Energética da Energisa. Na manhã desta terça-feira representantes da concessionária de energia se reuniram com o prefeito José Carlos do Pátio e o secretário de Infraestrutura do município, Vinícius Amoroso para tratar das primeiras ações a serem realizadas para instalação dos equipamentos.

Um dos projetos selecionados viabiliza a construção de uma microusina solar de aproximadamente 5,2 kwp que será instalada na Escola Municipal Rosalino Antônio da Silva, localizada no bairro Cidade Alta. Por meio da captação de energia solar, a usina vai gerar e fornecer energia elétrica suficiente para atender a demanda da escola.

A Escola Rosalino também será contemplada com a troca de oito aparelhos de ar-condicionado e vai receber equipamentos novos do tipo Split Inverter Procel que consome menos energia elétrica, contribuindo para a economia de energia. Também serão substituídos 20 projetores, ou seja, 20 luminárias da área externa da escola.

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) será a beneficiada com o outro projeto selecionado pela Energisa que vai custear a substituição de 53 aparelhos de ar-condicionado, 15 luminárias da área externa e ainda 147 lâmpadas fluorescentes pelas do tipo bulbo led.

O secretário Vinícius Amoroso comemorou a conquista que o município obteve com o êxito do projeto elaborado pela Sinfra e ressaltou que com o microusina e os novos equipamentos a Prefeitura vai ter uma economia estimada em R$ 140 mil por ano em gastos com energia elétrica.

A analista de eficiência energética, Monique Pereira e o gestor de relacionamentos da Energisa Cristiano Tomaz estiveram no encontro onde o representante da empresa que vai executar os serviços em Rondonópolis apresentou o cronograma dos trabalhos que devem começam já no próximo mês.

Via | Rafael Vicentini   Foto | Felipe Godoi
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta