O “Vem Comigo” já atendeu mais de 4 mil crianças em toda a baixada Cuiabana

Filho de pai médico e mãe empresária, Carlos Filho sempre estudou em escolas particulares de Cuiabá e foi em uma dessas escolas que teve o primeiro contato com xadrez, aos seis anos de idade. Aos sete anos iniciou o Projeto Vem Comigo e agora, com onze anos de idade abriu mão do seu privilégio e matriculou-se em uma escola da rede pública, utilizando o dinheiro que seria da mensalidade para investir no seu projeto de xadrez.

A iniciativa partiu da vontade de estar mais próximo do público alvo do seu projeto. “Após ficar dois anos parado por conta da pandemia, eu senti que precisava me aproximar de novo das crianças e fazer elas se aproximarem do Projeto”, destacou o garoto.

Ao todo, Carlos já atingiu mais de 4 mil crianças com seu projeto. Silvania Arruda, mãe de Carlos, contou que ele abriu mão da escola particular, de presentes e até viagens para poder investir no “Vem Comigo”.

“Ele foi bem insistente e nos convenceu a trocá-lo de escola, mas tanto eu quanto o pai dele não acreditamos muito que ele se habituaria a escola nova. Pensamos que era só ideia de criança, que logo ele desistiria, mas passado dois meses percebi que ele não iria desistir e comecei a voltar mais minha atenção e energias para ajudar meu filho”, contou a empresária.

Atualmente os atendimentos são feitos na modalidade de degustação de xadrez. Uma equipe vai até as escolas e, após uma rápida palestra e instruções sobre o jogo, as crianças são direcionadas a mesas onde podem jogar com supervisão e auxílio de professores parceiros.

O Projeto Vem Comigo busca apoiadores para construir uma sede própria e sonha em estender os atendimentos a idosos. “Às vezes as pessoas tem preconceito por não se parecer com um esporte, mas o xadrez é um jogo que exercita a mente e eu quero levar os benefícios dele para muitas pessoas ainda. Pra isso precisamos arrecadar fundos e ter um lugar só nosso, onde podemos chegar a mais pessoas”, pontuou Carlos.

A meta é arrecadar o suficiente para comprar e equipar um container que será instalado em uma praça na capital, assim o “Vem Comigo” conseguirá atender um maior número de pessoas ao mesmo tempo.

“Pensamos em vender canecas e camisetas também. Estamos recebendo muito apoio através do nosso Instagram e isso nos incentiva bastante a continuar procurando parceiros e apoiadores que possam somar e construir esse sonho conosco”, finaliza Silvania.

Para informações de como apoiar o “Vem Comigo” entre em contato através do telefone (65) 99818-0440 e acompanhe o Projeto no Instagram @vemcomigoxadrez.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta