A exposição de réplicas de Dinossauros Pré-históricos realizada pela Prefeitura Municipal por intermédio da SECULT – Secretaria Municipal de Cultura no Casario, tem feito o maior sucesso, atraindo público de todas as idades, mas principalmente jovens e crianças rondonopolitanas e de municípios circunvizinhos.

O Secretário de Cultura Pedro Augusto Araújo, trouxe essa novidade para Rondonópolis, e conseguiu um sucesso absoluto junto ao público em geral. A ideia inicial era atingir o público infantil da rede municipal de ensino. Mas, diante do estrondoso sucesso que atraiu inclusive o público adulto, escolas da rede municipal urbana e rural, além de várias cidades circunvizinhas como São José do Povo, Poxoréu etc., demonstraram interesse em trazer crianças das escolas municipais para visitarem e apreciarem a exposição.

Além conhecer os bonecos, as crianças ainda podem se divertir na tenda pedagógica, onde podem, desenhar e brincar de forma lúdica, aprendendo um pouco mais sobre os dinossauros. Conforme o secretário, o prefeito tem cobrado da Cultura, mais ações pedagógicas, lúdicas e de entretenimento, aliadas as instruções regulares de ensino/aprendizado.

Na manhã desta quinta-feira (7) o secretário recepcionou pessoalmente várias comitivas de escolas municipais locais, bem como escolas estaduais da região, como a Escola Estadual 7 de Setembro, do Distrito de Nova Galileia, e ainda um, dos dois grupos de 70 crianças indígenas de 4 a 12 anos de idade da etnia “Boê Bororo” da reserva Tadarimana.

Crianças indígenas da etnia “Boê Bororo” da Reserva Tadarimana

O cacique bororo Marcelo Koguiepa, acompanhou a visita, e falou sobre a experiência. Segundo ele, a cultura ancestral do povo “Boê Bororo”, fala de seres gigantes que existiram quando da criação do mundo e do surgimento do povo Bororo, como o ser mitológico da cobra gigante (sucuri) que teria dado origem aos rios do mundo, devido a sua sinuosidade, e que eles cultuam até os dias atuais, em suas lendas e mitos culturais ancestrais.

Todavia, assim como as crianças indígenas de sua tribo, ele (cacique) também se encantou com as réplicas dos bonecos de dinossauros, e agradeceu a Prefeitura pela iniciativa de trazer a exposição até a cidade, bem como agradeceu a oportunidade de estarem visualizando registros pré-históricos de animais que existiram na história da criação do mundo. Ele ainda descreveu a experiência como uma oportunidade das crianças indígenas estarem se relacionando e interagindo com outras crianças da cidade de Rondonópolis.

Marcelo Koguiepa agradeceu ainda a oportunidade da Prefeitura inserir a comunidade bororo nos programas culturais do município, bem como todo apoio recebido do prefeito, que vê nos indígenas, povos irmãos.

REPETE EM DEZEMBRO

Devido a grande aceitação e procurado atender a inúmeros pedidos, o secretário Pedro Augusto falou sobre o sucesso alcançado pela exposição e prometeu repetir a experiência no final do ano, provavelmente durante as festividades do aniversário de emancipação da cidade, comemorado em (10/12).

Segundo o secretário, a exposição que se iniciou no dia 30/06 e se encerra neste domingo (10/07), está sendo um grande sucesso de público e tem recebido em média de 3 a 4 mil pessoas por dia/noite. No entanto, como a empresa proprietária dos bonecos, já tem compromisso de levar a Expodinos, para outra localidade, o secretário disse que vai tentar trazer de volta a Exposição no fim do ano.

Pedro Augusto externou que a exposição foi resultado de uma parceria da Prefeitura/Secult com o Instituto Mato-grossense de Desenvolvimento Humano, viabilizado através de uma emenda parlamentar do deputado estadual Ondanir Bortolini (Nininho).

Via | Ailton Lima   Fotos | Antonio Carmelo
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta